Notícias

Frota de carros abandonados nas ruas de Petrolina cresce cada dia

Como não bastasse a quantidade de lixo acumulada nas calçadas, o mato alto em terrenos baldios e o surgimento de animais peçonhentos, muitos moradores convivem com carros parados em algumas ruas do município. Eles estão lá, parados há tempos, há anos e nenhuma providência para remoção dos carros é tomada.

A quantidade de carros circulando pelas ruas de Petrolina  não para de crescer. A frota de automóveis até dezembro de 2019, era de quase 150 mil veículos,  segundo dados do Autarquia municipal de Mobilidade Urbana (AMMPLA). Enquanto centenas de carros andam diariamente, outros estão simplesmente abandonados.

Como não bastasse a quantidade de lixo acumulada nas calçadas, o mato alto em terrenos baldios e o surgimento de animais peçonhentos, muitos moradores convivem com carros parados em algumas ruas do município. Eles estão lá, parados há tempos, há anos e nenhuma providência para remoção dos carros é tomada.

DivulgaçãoO blog língua esteve em três bairros da cidade: Quati I, D. Malan e  Cosme e Damião . Nos três bairros a reportagem encontrou veículos em situação de abandono. O fusca parado na porta de uma casa virou apoio para o crescimento de mato. Porém, a situação dos carros abandonados não termina por aí.

Esses veículos representam um perigo real,  servindo de criadouro para o mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

Com a aproximação do período chuvoso, a preocupação com as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti só aumenta. Recentemente, agentes da vigilância sanitária entraram em uma casa no bairro Cosme e Damião  para a retirada de entulho e matérias propícios ao acumulo de água, servindo de ponto para reprodução do mosquito.

Não é de hoje que a cena preocupa a dona de casa Ângela Santos Trindade.Morando há 15 anos no bairro, ela conta que pouca coisa mudou. “O que teve de melhora aqui foi só algumas ruas que eles calçaram. Tirando isso, ainda tem muita coisa que precisa mudar. Esses carros abandonados só geram preocupação”, conta.

A dona de casa ainda disse à reportagem estar preocupada com a segurança. “Serve de esconderijo para criminosos. Isso aqui de noite fica um breu. Aqui de noite todo mundo fica com medo até de sair de casa”, desabafou Ângela.

O que diz o CTB?

O Código de Trânsito Brasileiro, o CTB, explica no capítulo quinze, das infrações, no artigo 181, que o veículo será removido quando estiver “nas esquinas e a menos de cinco metros do bordo do alinhamento da via transversal. Infração – média; Penalidade – multa; Medida administrativa – remoção do veículo; II – afastado da guia da calçada (meio-fio) de cinquenta centímetros a um metro: Infração – leve; Penalidade – multa; Medida administrativa – remoção do veículo.

Quem retira os carros abandonados das ruas? Em Petrolina , por enquanto, ninguém.

“Segundo o Código Nacional de Trânsito, carro parado em via pública em obediência às regras de circulação e legislação, não caracteriza nenhum tipo de crime, mesmo que isso se dê por um prazo indeterminado”

-De quem será a competência de notificação prévia ao proprietário do veículo com características de abandono? Quanto tempo o proprietário terá para solucionar o problema do abandono do veículo?

De quem será a competência da remoção de veículos na via com características de abandono?

Após proceder a remoção, onde será guardado o bem? Uma vez que o município passa a ser depositário fiel. Qual a penalidade imposta? Valor?

E no caso de reincidência como proceder? Como será feita a reclamação da propriedade do bem apreendido e removido?

Como será disponibilizado o pátio para a guarda dos veículos removidos com características de abandono?

Até quanto tempo esse veículo poderá ficar sobre a guarda do município? E após o prazo estipulado o que fazer?

E a AMMPLA o que diz? Com  a palavra as autoridades.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar