NotíciasPolítica

“99% dos restaurantes da orla devem”, disse Miguel Coelho. No entanto os boletos não são liberados

Em entrevista, o prefeito Miguel Coelho, disse que 99% dos donos de restaurantes da orla de Petrolina estão em dívidas com a prefeitura. No entanto, em conversa com os donos dos estabelecimentos reclama que já foram à prefeitura várias vezes buscar  os boletos, e segundo eles, a ordem é não liberar os mesmos, para que os proprietários continuem como devedores.

Esse é um plano audacioso, já que o executivo tem pretensões de transformar o lugar que é um dos pontos turísticos mais visitados na cidade. Na mesma entrevista, o prefeito disse que quer mudar a identidade visual da orla, e repaginá-la, no entanto, isso é contestado por muitos. (veja vídeo no final)

Petrolina e o Rio de janeiro, qual a ligação?

Para  aqueles que não sabem, a parte nobre da cidade do  Rio de Janeiro, um dia já teve moradores de baixa renda. A orla e o calçadão famoso, eram divididos por todos tipos de classes. Um dia, pressionado pelas elites, o governo retirou aqueles “indesejáveis ” moradores do lugar nobre, e os colocou em local distante, na Cidade de Deus, longe daqueles que se achavam donos da bela vista para o mar.

Barracas, restaurantes pequenos e comércios informais, foram derrubados para que uma nova orla surgisse. Isso aconteceu nos anos 60. E o que isso tem  a ver com Petrolina? Tudo! A orla I, é um incomodo para as elites. Os frequentadores do lugar, que tem desde o Tans bar até a barraca da tapioquinha, um lugar para se divertir, não são os moradores dos suntuosos prédios. Quem frequenta a orla I na sua maioria, são de classe B e C. Gente de classe média. A alta elite, só usa a calçada da orla para caminhadas.

Resultado de imagem para O caminho da elite dominantePor conta disso, é que o projeto de retirar os pequenos restaurantes da orla está tomando força. Para a elite, o lugar é feio, e se faz urgente repaginar a orla I.É preciso retirar os barzinhos e os restaurantes pequenos e fazer um grande calçadão, para que a nobreza possa andar sem tropeçar em cadeiras colocadas no meio do trajeto.

Os restaurantes podem descer e ficar ao lado da Pizzaria que está em baixo. Mas, nessa repaginada, quem vai ter a concessão? Quais os critérios para a escolha dos novos donos? E aqueles que estão na orla ganhando seu dinheiro, para onde vão? Nos anos 60,  o governo do Rio de Janeiro, retirou os indesejáveis do caminho da elite. É o que vai acontecer em Petrolina, e está próximo. Pode esperar.

Vídeo produzido pelo Blog Edenevaldo Alves

Artigos relacionados

3 pensamentos ““99% dos restaurantes da orla devem”, disse Miguel Coelho. No entanto os boletos não são liberados”

  1. Por essas e outras é que os irmãozinhos terão um votação pífia em Petrolina.
    O Federal tem perdido eleição após eleição muitos eleitores, porém a sua empáfia e conhecida arrogância, aliado a blindagem fornecida pelos assessores não faz perceber o óbvio. O povo não é besta

  2. Tá certo tem que pagar mesmo,os caras enche os bolsos na área pública e não querem arcar com seus deveres,pau na boneca.

  3. ESSE PREFEITO ME ENGANOU NA ELEIÇÃO DELE, MAS NESSA ELE E OS IRMÃOS NÃO QUERO NEM VER… SÓ PENSAM NELES, NÃO FAZ NADA NO SOCIAL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar