Notícias

A criança Fernando Filho falou demais. Ministro demonstra ser infantil

Resultado de imagem para bebe de gravata

A maneira grosseira como  o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, relatou a empresários canadenses que a Reserva Nacional do Cobre e Associados, na Amazônia, seria extinta e,  que  sua exploração seria leiloada entre empresas particulares, cinco meses antes do anúncio formal no Brasil, não podem acabar no esquecimento. Isso é coisa grande, e é preciso fazer um  debate com quem está a par do assunto, e ai entram  os ambientalistas , centros de pesquisa e especialistas no assunto.

O que Fernando Filho fez, entregando informações sigilosas,   precisa de  investigação, e nesse caso é preciso chamar a Comissão de Ética da Presidência da República na responsabilidade. Não vazar informações sigilosas, FAZ PARTE  de um cargo de confiança como é um ministério. Não é qualquer cargo,faz parte da alta cúpula do País, é preciso ter responsabilidade com o que fala e para quem fala.

Isso só  demonstra que a meninice ainda permeia o coração de Fernandinho, que não deixou a velha infância, e faz bobagem ao entregar uma informação altamente sigilosa. Por essa razão, os presidentes eleitos, precisam  rever o conceito de colocar na mão de “filhinhos de papais”, responsabilidades gigantes, em detrimento do “fulano de tal” ter pais que são políticos antigos e sagazes na arte da politica nacional e  internacional.

Fernandinho, com esse ato demonstra que precisa aprender muito, que precisa se reciclar, e principalmente saber que em seu entorno, estão os olhos do mundo, com Smartfones, com câmeras fotográficas, com gravadores que podem fazer de uma virgula, um paragrafo. Crescer é preciso.

Por Cauby Fernandes

@língua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar