Notícias

A irresponsabilidade do Conselho Tutelar de Petrolina

imagesPetrolina conta (ou não) com  dois Conselhos Tutelar que atendem a população. Nos fins de semana os dois conselhos  se unem para fazer o plantão para atendimentos emergenciais.

O problema é que o numero do celular do Conselho, simplesmente não atende a ninguém e a nenhum pedido. Os conselheiros de Petrolina são conhecidos por reclamarem  da falta de motorista e de material pra fazer os atendimentos e diligencias. Segundo a prefeitura de Petrolina, esses problemas  foram  sanados, no entanto a irresponsabilidade com a cidade tem sido marca do Conselho nos fins de semana. Diversas pessoas que procuraram o Conselho tutelar para relatar suas queixas,  se decepcionaram ao perceber que os conselheiros não fazem atendimento.

“Há três finais de semana consecutivos que Petrolina não tem atendimento para crianças e adolescentes vítimas de violência, todos os tipos de violência”, disse  Valter Souza, morador do bairro do Pedro Raimundo.

 

O morador relata que durante o dia diversas crianças compram bebidas alcoólicas nos diversos bares do bairro. Segundo o morador,  o conselho nunca atende suas ligações. “É uma vergonha esse Conselho Tutelar de Petrolina! Reclamam muito e nada fazem, é um bando de pessoas sem responsabilidade!” disse o morador.

 

A equipe do Blog entrou em contato com os conselheiros nesse fim de semana e o que percebemos foi um jogo de empurra para um lado e para outro.

Em conversa com o conselheiro Evaldo Souza no último domingo, nos foi passado que apenas um conselheiro fica de plantão. Evaldo Souza nos pediu que a redação do blog não ligasse para ele sem que estivesse de plantão. “Eu não tenho nada haver com o conselho se não estou de plantão, apenas me ligue se por acaso  estiver na ronda plantonista”, disse o conselheiro.

 

Segundo Gileade Santos, Conselheiro, a atitude de Evaldo Souza não foi correta, já que o mesmo é conselheiro eleito pelo povo, e ainda que não esteja de plantão ele precisa ter responsabilidade com a população. “Acho certo as pessoas reclamarem, acho incorreta a posição do conselheiro ao se esquivar do trabalho. Fomos eleitos pelo povo!”, disse.

 

O que nos resta é a indignação pelas atitudes dos conselheiros! Que vergonha!

 

Por Cauby Fernandes

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar