Notícias

Alex de Jesus recebe título de cidadão petrolinense. Ego massageado depois de amargar semana ruim

Resultado de imagem para alex de jesus vereadorAlex de Jesus, vereador de primeiro mandato, tem realizado na Câmara de vereadores um mandato esquálido e apagado. Alex, a pedido de Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, votou a favor do aumento do IPTU, fato que deixou muita gente indignado com a aprovação do projeto.

Por conta desse acontecido, o vereador  ficou em situação difícil, a imagem do vereador circulou nas redes sociais como aquele que só aparece nessas horas. As horas ruins. Alex ainda foi acusado de usar  uma lista com nomes guardados em seu gabinete  para empregar. Um ouvinte,segundo matéria veiculada no programa super manhã, da Rádio Jornal, usou o telefone e pediu que Alex retirasse seu nome da tal lista. Esses fatos deixaram o vereador em situação  mais dificil ainda perante a sociedade.

Magoado com os comentários, o vereador usou a tribuna da casa e desclassificou blogs e blogueiros da região, sendo acompanhado por diversos colegas da casa, que juntos detrataram a imprensa..

Em defesa do vereador e para acalmar os ânimos, os vereadores decidiram massagear o ego do Edil lhe conferindo o título de cidadão petrolinense. Vamos esperar e torcer para que esse título de cidadão coloque juízo e calma na vida de Alex de Jesus que não entendeu que ele é figura pública e que sendo figura pública se tornou vitrine para aplausos e vaias.

Cidadania honorária é um título de honraria que uma pessoa de importância recebe da Câmara Municipal de uma cidade, da Assembleia Legislativa de um Estado (ou DF no caso do Brasil), da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal.

O Título de Cidadão equipara a pessoa homenageada a uma adoção oficial. A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra natal. Mesmo que um homenageado não tenha nascido ou não resida no Município, para que se lhe conceda tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele (homenageado) fez, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo do Município que lhe concedeu tal cidadania.

Por Cauby Fernandes

@língua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar