Notícias

Avenida da Integração tá bonita, mas sem faixas de Pedestres, sinal de possíveis acidentes à vista

Sem as linhas brancas, quem está a pé se arrisca em meio ao intenso fluxo de veículos. A empresa que gerencia o tráfego da cidade  prometeu que a situação seria  resolvida,porém, há mais de um mês da conclusão das obras que pais, professores e alunos  se arriscam nas travessias.

ovimento simples e que deveria ocorrer sem sustos, atravessar a rua tem se transformado em prova de fogo para pedestres de Petrolina. Quem passa diariamente na Avenida da Integração, percebe que ela ficou um tapete pós-recapeamento. No entanto, o pedestre  precisa redobrar a atenção para não ser atropelado. O problema é que com a obra, as faixas para pedestres foram apagadas. Outras Avenidas recapeadas passam pela mesma situação.
Sem as linhas brancas, quem está a pé se arrisca em meio ao intenso fluxo de veículos. A empresa que gerencia o tráfego da cidade  prometeu que a situação seria  resolvida,porém, há mais de um mês da conclusão das obras que pais, professores e alunos  se arriscam nas travessias.
“Está uma bagunça. Isso é um desrespeito, um absurdo. A AMMPLA faz um monte de propaganda sobre a valorização da vida de quem anda a pé, porém, ela literalmente andou na contramão neste local. Fez a obra, ficou massa, mas a  mudança no tráfego só valorizou os carros, se esquecendo do transeunte”, criticou o professor universitário Carlos Almeida, de 47 anos, morador da região, que ainda completou: “Não há agentes para orientar as pessoas”
De fato, durante praticamente toda a tarde desta segunda-feira, o Blog percorreu o trecho e não notou a presença de fiscais da AMMPLA nem agentes da Guarda Municipal de Transito para orientar os alunos que saem em grande fluxo das escolas que ficam ao lado da Avenida.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar