Notícias

Bancários da Caixa decidem pelo fim da greve em todo país

20151026_greveA greve dos bancários da Caixa Econômica Federal terminou em todos os estados onde havia sido mantida após assembleias regionais realizadas nesta sexta-feira (7).
Na véspera, a categoria decidiu por manter a paralisação em sete Estados: Amapá, Bahia, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e São Paulo. A categoria retorna ao trabalho na segunda-feira (10).
Na noite de quinta, quando a maior parte da categoria aprovou a proposta dos bancos e decidiu voltar ao trabalho, eles haviam decidido continuar com o movimento.

Menos de 100 votos haviam definido a manutenção da greve, disse Juvandia Moreira, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, na quinta, após a decisão de manutenção da paralisação. Os trabalhadores da Caixa representam 6% dos empregados do setor em São Paulo.
A proposta agora aprovada garante aumento de 8% neste ano mais o pagamento de um abono de R$ 3.500. O percentual de reajuste é inferior à inflação do período (de 9,62%). O acordo fechado com a Fenaban (entidade que representa dos bancos) prevê que, no ano que vem, os trabalhadores deverão receber aumento de 1% acima da inflação.
O pedido dos trabalhadores era de aumento real de 5% neste ano, além da equiparação de benefícios adicionais (como vale-refeição e vale-alimentação, por exemplo) a um salário-mínimo cada. No auge da greve, mais de 13 mil agências foram fechadas, o equivalente a 57% dos pontos de atendimento, segundo acompanhamento da Contraf (confederação que representa os trabalhadores do setor financeiro).

No entanto, a maior parte dos serviços bancários já é realizada pelos canais eletrônicos de atendimento, o que diminui o impacto da greve sobre a população. Com informações da Folhapress.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar