Notícias

Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza,acontece em Petrolina

Resultado de imagem para campanha nacional contra influenza

Começa na próxima segunda-feira,  a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. Na primeira semana, apenas os profissionais de saúde serão imunizados. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. A 19ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza, mais conhecida como gripe, também, vai imunizar os demais grupos prioritários. O público-alvo da campanha é formado pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, indivíduos maiores de 60 anos, indivíduos de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades) e professores das redes pública e privada.
A vacina garante proteção contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e B). Em Petrolina, para a realização da campanha a Secretaria de Saúde do município encerrou nesta quarta-feira (12) um treinamento com cerca de 100 profissionais que realizarão o procedimento nas unidades básicas.

Influenza – Também conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-condicionadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

Veja algumas medidas para evitar a doença:
· Lavar as mãos com água e sabão frequentemente (principalmente antes de consumir algum alimento, tocar os olhos, nariz ou boca e após tossir, espirrar e/ou usar o banheiro);
· Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável e após o uso descartá-los em lixeiras;
· Na ausência do lenço, usar o ombro ou antebraço interno como barreira ao tossir ou espirrar;
· Não compartilhar alimentos, copos, garrafas, toalhas e objetos de uso pessoal;
· Manter os ambientes ventilados, com portas e janelas abertas, para favorecer a circulação de ar;
· Pessoas com gripe/resfriado devem evitar ambientes fechados e aglomerados, assim como contato direto com outras pessoas (abraço, beijo, apertos de mão etc.);
· Evitar sair de casa durante o período de transmissão da doença. Em adultos, este período dura, em média, até cinco dias após o início dos sintomas, e em crianças pode durar, em média, 10 dias;
· Não usar medicamentos sem orientação médica. A automedicação pode ser prejudicial à saúde;
· Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

@lingua

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar