Notícias

Casa Plínio Amorim ou Casa da Mãe Joana? Petrolina não sabe

 Resultado de imagem para casa da mae joana
É lamentável acompanhar  o que vem acontecendo nas sessões ordinárias na Câmara de Petrolina recentemente. O que estamos  vendo é  o despreparo dos Edis  nos últimos meses , nessa nova legislatura. E isso, por parte de alguns  vereadores que,  insistem, em cada dia  dar pautas para os Jornalistas, Radialistas e Blogueiros, para que se fale  deles e  de suas (más) condutas. Cada vez que lá estamos , parece que  entramos em um  ringue de luta livre, aonde os socos e pancadas, são trocados por farpas, palavras de ordem e palavras de baixo calão.

Quando  a imprensa não é  ameaçada pelo que escreve (e isso não é o comportamento de todos) , é  envolvida em teia de disse-me disse, que parece não ter fim.  Quando as coisas não dão certo na Casa, os canhões são voltados pra imprensa. Chega disso! Dia desses , eles (os vereadores),  vão olhar para trás e verão, que estão perdendo a credibilidade que a população tem depositado em cada um deles, e aí pode ser tarde.Resultado de imagem para casa da mae joana

Casa de Mãe Joana. É assim que a Casa Plínio Amorim tem se comportado, um verdadeiro vendaval de palavras soltas, de frases verbalizadas sem que haja uma linha de pensamento lógico .Veja como é verdade: Os vereadores, tem  por direito  ir na tribuna, pedir questão de ordem se seu nome for citado em alguns comentários, interromper quando necessário um colega pedindo uma parte, e se o colega for gentil, concede. Era para ser assim. Lá é um parlamento, lugar de discussão sadia. Tenho certeza que se for feita uma pesquisa na cidade sobre o comportamento dos parlamentares, veremos que a população não concorda com os absurdos que os vereadores tem dito e praticado naquela casa. Vereadores que outrora, diziam  defender o povo, com a troca de governo votam a favor daquilo que outrora votaram contra, por que eram de oposição. Governo muda, o povo é o mesmo. Se no governo passado aquele projeto que veio para a Câmara  era errado e , se votou contra,  por que nesse governo,  o mesmo projeto é certo e se vota a favor? Por que as palavras de ordem dos vereadores, agora, de situação,  são brandas em relação as mesmas coisas usadas na gestão anterior? Enfim, parece que o violão do vereador que tocava só na nota Ré, para atrapalhar projetos viáveis para cidade, mudou a nota, por que o maestro mudou.

Mas caros leitores, a coisa lá tá feia. Quando um vereador está fazendo algum comentário, geralmente é interrompido com gritos, com palavras fortes. E o presidente? O presidente que as vezes é um , vezes é outro, as vezes é o verdadeiro (Osório Siqueira),  desliga microfone, chama a atenção, mas você respeita? Não ? Lá também, ninguém respeita.Resultado de imagem para casa da mae joana em fundo branco  A começar por quem fica na parte detrás da mesa diretora, que sempre tem 10 ou mais pessoas conversando e, conversando alto. Uma balburdia. Casa de mãe Joana! Casa que todos mandam. Panela que todos mexem. Sem sal ou salgada.  Alguém precisa mudar esse quadro. Ruy Wanderley, que é lider da situação, junto com Gabriel Menezes e Gilmar  Santos que com Cristina são os mais centrados, bem que poderiam dar uma conversada com esse povo , e dizer que tá demais esse comportamento a lá “AUGUSTO PINOCHET“, que só resolvia as coisas  nas armações e em golpes. Enfim. DEUS NOS ACUDA.

 

Por Cauby Fernandes

@lingua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar