Notícias

Casas lotéricas seriam a solução para as intermináveis filas em Petrolina

Resultado de imagem para lotéricas

Clientes da agencia da Caixa Econômica Federal de Petrolina, no Centro da cidade, a cada dia ficam mais aborrecidos com  a falta de critérios no atendimento. Todos os dias, faça chuva ou Sol, as filas são intermináveis e a agencia parece ignorar o que acontece na fila. Chegar no  lugar às 5 da manhã não é bom, pois o lugar já está cheio. É preciso antecipar o horário.Pessoas passam mal, idosos são exposto a um tipo de tortura que não respeita as idades, crianças passam necessidades físicas e fisiológicas. É preciso se tomar providencias.

A saída para Petrolina, seria a instalação de mais lotéricas na cidade. Cerca de 40% a 45% do faturamento das loterias são direcionados a programas e projetos de assistência social do governo. Os espaços oferecem serviços bancários da Caixa Econômica Federal e possuem horário ampliado – abertas por mais horas do que os bancos oficiais.

Atualmente, existem mais de onze  mil estabelecimentos distribuídos por todo o Brasil atuando como correspondentes bancários.

Entre as operações que podem ser realizadas em lotéricas está a consulta de saldo e extrato de contas da Caixa, do FGTS, do PIS e de aplicações. É possível também efetuar saques e depósitos em contas corrente e poupança da Caixa. Nas lotéricas, o cidadão também pode pagar tributos municipais, estaduais e federais, contas de água, luz e telefone e boletos de cobranças bancárias.

Em Petrolina,o  desrespeito total aos usuários é  visível. Vemos  as filas, em algumas agencias da Caixa  Economica Federal , dobrando  as esquinas, e fica pior em dia de pagamento de benefícios.

Fila na caixa econômica para o saque do FGTS em Petrolina, PE (Foto: Amanda Franco / TV Grande Rio)

 

O desrespeito é  impressionante e chega a dar nos nervos de quem está na espera. Está na hora de rever conceito o atendimento nesta agencia da Caixa Econômica de Petrolina, e nesse caso, somente as lotéricas seriam a saída.

 

 

 

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar