NotíciasPolítica

Chefe do MP do Trabalho teme retrocesso com extinção de ministério no governo Bolsonaro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quarta-feira (7) que o Ministério do Trabalho será incorporado a outra pasta. “O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério”, disse, sem detalhar qual pasta absorveria as atribuições do MT.

A Coluna Painel de Daniela Lima na Folha de S.Paulo informa que o chefe do Ministério Público do Trabalho, o procurador-geral Ronaldo Fleury teme que a extinção do ministério da área por Bolsonaro prejudique ações de combate ao trabalho escravo, criando riscos para exportadores brasileiros que podem sofrer questionamentos de parceiros comerciais no exterior.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar