Notícias

Cinco em cada dez brasileiros pretendem usar 13º em compras de Natal

Cinco em cada dez brasileiros pretendem usar 13º em compras de Natal

 

Cinco em cada dez brasileiros pretendem usar o 13º salário nas compras de Natal, segundo pesquisa do SPC Brasil e CNDL. A chegada da 2ª parcela, que deve ser paga até dia 20, coincide com o aumento de gastos típicos de final de ano, como troca de presentes, ceia de Natal e férias.Antes de comprar, é importante traçar um planejamento de gastos e considerar o quanto pode pagar sem se endividar, considerando o 13º salário.

Caso as compras caibam no orçamento financeiro e as promoções forem boas, é válido aproveitar. O risco de cair no desequilíbrio financeiro está especialmente em fazer compras por impulso e acabar se endividando, comprometendo o orçamento mensal dos próximos meses de forma desordenada.Para os que tem contas em atraso, ou seja, estão inadimplentes, é válido usar o 13º salário para sair da inadimplência de forma definitiva.

A quantia extra não é a solução para os problemas, mas pode ser o primeiro passo junto à mudança comportamental.É preciso considerar também as despesas já previstas para o início do próximo ano, como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar. Se poupado, o 13º pode aliviar o bolso nos primeiros meses de 2018. Por serem compromissos que se repetem, é válido se planejar com antecedência.

Orientações para as compras

Ao ir às compras, é preciso ter paciência para pesquisar o mesmo produto em diversas lojas, físicas e online, para garantir o melhor preço. No online, faça suas compras apenas em sites confiáveis. Em relação aos presentes de Natal, faça uma lista das pessoas que pretende presentear, o valor que pode gastar com cada uma delas e as formas de pagamento.

cristina costa

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja Também

Fechar
Fechar