Notícias

Com medo de ser vaiado Temer quer que Rodrigo Maia o represente no encerramento da Olimpíada


Sondado
pelo Palácio, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), poderá substituir
o presidente em exercício, Michel Temer, na cerimônia de encerramento das
Olimpíadas do Rio de Janeiro, no próximo dia 21. Temer está com receio de ser
novamente vaiado. Esse temor levou  o
interino analisar a sua ausencia no final do evento.
Na
solenidade que deu início aos jogos, em 5 de agosto, Temer não teve seu nome divulgado.
Isso na verdade foi uma tentativa de evitar  as vaias num evento com dimensão mundial. Nada
feito! As vaias vieram com muita força.
Temer oficializou a
abertura, dizendo apenas : “Após esse maravilhoso espetáculo, declaro abertos
os Jogos Olímpicos do Rio, celebrando a 31ª Olimpíada da Era Moderna”, disse, e
correu.
Quando a plateia descobriu
que  o presidente interino que estava com
a palavra, a plateia que assistia ao show de abertura no estádio rapidamente
parou de aplaudir e começou a vaiar. A estratégia para abafar as sonoras vaias
foi soltar os fogos de artifício e colocar música em todo volume.
Eleito presidente da
Câmara há um mês e com o afastamento de Dilma Rousseff, Maia é o segundo na
linha de sucessão no Planalto. É ele que vai substituir Temer na primeira
semana de setembro, quando o peemedebista viajar para a China para participar
do G-20, caso Dilma Rousseff seja definitivamente afastada pelo Senado.

Cauby Fernandes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar