Notícias

Contas do ex-prefeito não o preocupam. Exu recebe caravana do Projeto Pernambuco Pode Mais

Sem  preocupar-se com as suas contas que estão na Câmara dos Vereadores de Petrolina para serem votadas , o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio,  continua sua jornada pelo sertão de Pernambuco. Dessa feita, o pré candidato esteve na cidade de Exu, mostrando seu projeto para jovens e adultos que ouviram atentamente o politico.

Segundo informações que o Blog obteve, o ex-prefeito que já tem nas mãos a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em seu favor, não receberá a notificação que a Casa Plínio Amorim pretende lhe entregar. Orientado pelos seus advogados, Julio, diz que não receberá a notificação pelo fato de ter a decisão do TCE, e que não fará defesa, tendo em vista que não é réu e não está sendo acusado de absolutamente nada.

Por outro lado, o prefeito atual de Petrolina, Miguel Coelho, corre a passos largos para reprovar as contas do ex-prefeito na Câmara municipal onde tem ampla maioria dos votos. Isso pode representar um perigo para Miguel Coelho, por que abre precedentes, para que em futuro próximo,  reprovar contas de ex-prefeito se torne uma prática no município.

Prefeito eleito por duas vezes em Petrolina, Julio Lossio, se tornou um divisor de águas, quando por duas vezes conseguiu derrotar os grupo de FBC, Gonzaga Patriota e Odacy Amorim. Em Pernambuco, os partidos estão de olho no pré candidato por saber de sua força e influencia no Sertão. Em Exú, como em outras cidades, o ex-prefeito sempre fala com entusiasmo quanto ao projeto Pernambuco Pode Mais.

“Viemos a Exú , dividir nossos  sonhos e nossa visão. E como disse Euclides da Cunha : Somos antes de tudo muito fortes! E pernambuco, Pernambuco pode mais “, disse o médico.

Confira o vídeo:

Exu (Pernambuco Pode Mais)

Levamos o #PernambucoPodeMais até Exu, na tradicional Festa do Gonzagão! 💚

Posted by Julio Lóssio on Sunday, December 17, 2017

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar