Notícias

Coroinha contrai DST e acusa líder de estupro dentro de paróquia

 

Coroinha contrai DST e acusa líder de estupro dentro de paróquia

Resultado de imagem para letra aPolícia Civil investiga um abuso sexual cometido por um líder religioso contra um coroinha, de 13 anos, dentro da Paróquia de Santo Antônio, em Caravelas, na Bahia. O garoto foi diagnosticado com sífilis. O suspeito, que tem a função de acólito na igreja, também teve a doença sexualmente transmissível (DST) constatada, após ser submetido a exames.

De acordo com informações do G1, o suposto agressor, identificado como Vitor Marques Daniel, estuprou o menino pelo menos cinco vezes. O relato foi dado pela própria vítima, que fazia parte do grupo de coroinhas desde abril do ano passado. Ele ainda disse à polícia que os abusos eram cometidos sob ameaça de morte a ele, a irmã, de 8 anos, e um primo.

O suspeito, conforme o adolescente, também chegou a oferecer dinheiro para que ele não revelasse o segredo. Após descobrir a doença, o coroinha contou à mãe sobre o assédio e a mulher acionou o Conselho Tutelar. Outro caso de abuso sexual cometido pelo mesmo homem já está sendo investigado pela polícia.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar