Notícias

Cristina Costa: “O Rio São Francisco não é de Fernando Filho nem de Temer. É do povo”

De almas lavadas  e sorridentes,  a vereadora Cristina Costa (PT) e o líder de oposição  e presidente do PMDB em Petrolina, vereador Paulo Valgueiro, se disseram satisfeitos com a realização bem sucedida da audiência pública  sobre a questão do Rio São Francisco e venda da CHESF, realizada nesta quinta -feira, 14, na Câmara municipal de Petrolina.

Mais  de 30 entidades que estiveram presentes na movimentada  audiência, fizeram do púlpito da Casa Plínio Amorim,uma passarela onde puderam  repassar  seus conhecimentos de vida com a CHESF, bem como conhecimentos  técnicos sobre a empresa. Quanto à  privatização da estatal, todos uníssonos, bradaram claramente ser contra a venda daquilo que chamam de empresa do Nordeste e batizaram  a venda da empresa de crime contra a Pátria. 

“Não podemos discutir privatização enquanto partidos, governo ou de forma individual. É importante a sociedade saber o que pode acontecer com a privatização.Esse projeto (de venda da Chesf) é  de interesse de um grupo político que quer permanecer no poder, desrespeitando o povo brasileiro. O Rio São Francisco não é de Fernando Filho nem de Temer. É do povo, foi dado por Deus, e a gente não pode ver um ministro, que de forma golpista chega ao ministério para vender o Rio sem ouvir o sentimento daqueles que dependem da Região”, falou euforicamente  a vereadora Cristina Costa.

Todos sentiram muito a ausência de Fernando Filho e do grupo de Fernando Bezerra. No entanto, o clima seria diferente,caso eles estivessem presentes na audiencia. Em todo tempo, o grupo de FBC quando citado, era alvo de vaias, de nomes pejorativos, como traidor e  golpistas. Enfim, foi lamentável o grupo não estar presente, mas evitou que os mais exaltados transformassem a audiência pública em um campo de guerra.

Por Cauby Fernandes

@lingua

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar