Notícias

Decisão de juiz apenas adia o inadiável no caso PMDB de Pernambuco

Resultado de imagem para raul henry e jarbas na berlinda

Uma  decisão frágil  proferida  pelo juiz da 26ª  Vara Civil do Recife, José Alberto de Barros Filho, onde decide que o diretório nacional do PMDB não tem o direito de dissolver o diretório estadual em Pernambuco. O juiz entendeu que é preciso manter  o comando do partido no Estado  nas mãos do presidente Raul Henry , vice governador  ligado a Jarbas Vasconcelos. O  juiz apenas adia o inadiável no caso PMDB de Pernambuco.

No entanto,  a decisão antecipa-se a uma decisão do partido em Brasília. Sem dúvidas  a decisão do juiz será facilmente derrubada pela executiva nacional. Por que como todos sabem, a justiça não interfere em assuntos internos das siglas partidárias.

A intenção do  PMDB de Pernambuco é  tentar atrasar o processo de deliberação da executiva nacional, que insiste em manter a filiação de Fernando Bezerra no partido. Se isso acontecer  porque Henry e Jarbas já estão convencidos que perderão o controle da legenda por mais de dois terços dos votos da executiva nacional, o que, pelo regimento, não cabe recurso judicial.

Vamos em frente

Por Cauby Fernandes

@lingua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar