JustiçaNotíciasPolítica

Deputada Dulci Amorim consegue antecipar data da Audiencia Pública sobre o caso Beatriz Mota na Alepe

A audiência é fruto da solicitação da deputada estadual Dulci Amorim (PT), que encaminhou o pedido em dezembro de 2021, já que a parlamentar integra a Comissão de Cidadania, Direito Humanos e Participação Popular.

O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, confirmou nesta sexta-feira (21) que a solicitação para antecipar a  Audiência Pública sobre o Caso Beatriz na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), feita pela deputada Dulci Amorim(PT),  foi acatada.  O dia 9 de fevereiro foi escolhido para debater sobre as novas ações a serem implementadas no caso Beatriz Mota.

A audiência é fruto da solicitação da deputada estadual Dulci Amorim (PT), que encaminhou o pedido em dezembro de 2021, já que a parlamentar integra a Comissão de Cidadania, Direito Humanos e Participação Popular.

Para a deputada, a audiência Pública,  também dará mais elementos para que os deputados estaduais decidam sobre o pedido de realização de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o Caso Beatriz.

“Além de atender ao nosso pedido de realização de uma audiência pública para discutir o Caso Beatriz, o encontro foi antecipado de março para fevereiro, principalmente por causa dos fatos novos envolvendo o crime, como o indiciamento do suspeito. Então, esse será um momento muito importante. Iremos jogar luz nesse caso, chamar todas as instituições envolvidas e também a família de Beatriz para discutir os entraves da investigação e sanar as dúvidas da família e de toda a população do Brasil que querem ver a solução desse crime terrível”, comentou.

 

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar