Notícias

Desembargador conclui voto no recurso de Lula contra a condenação no caso do tríplex

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4) em Porto Alegre, João Pedro Gebran Neto, concluiu seu voto no recurso do ex-presidente Lula contra a condenação em primeira instância no processo na Lava Jato que envolve um tríplex.

O ex-presidente recorreu em segunda instância da condenação a cumprir 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo informações do G1, agora o processo passará pelo desembargador Leandro Paulsen.

O julgamento do recurso não tem data prevista para ocorrer porque Paulsen não tem prazo para devolver o processo. Por isso, o voto do desembargador Gebran permanece sigiloso. Somente os desembargadores da 8° Turma do TRF-4 terão acesso ao conteúdo do voto.

Neste processo Lula é acusado de esconder que era proprietário do imóvel. De acordo com o processo, o ex-presidente recebeu o apartamento como pagamento de propina em troca de favores na Petrobras.

 

 

 

( Foto Ricardo Stuckert)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar