JustiçaNotíciasPolítica

Dulci e Odacy Amorim deixam disputa eleitoral em segundo plano pra apoiar luta de Lucinha Mota

É importante lembrar que Odacy, quando deputado estadual, promoveu audiências e levantou a bandeira por justiça. Em seguida, já com Dulci Amorim como parlamentar, a deputada promoveu encontros do casal com o governador e solicitou a realização de uma audiência pública para fevereiro deste ano.

Todo mundo sabe que 2022 é ano eleitoral e no Sertão pernambucano vários nomes estão postos para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Temos a pré-candidatura de atuais parlamentares que estão indo para a reeleição, como é o caso da deputada estadual Dulci Amorim (PT) e também a promessa de novos atores políticos, como Lucinha Mota, suplente na Câmara de Petrolina e que pode colocar o seu nome novamente para Alepe.

Mas hoje foi um momento para deixar qualquer política de lado. Na manhã desta quarta-feira (12), no Recife, durante a coletiva de imprensa concedida pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco que deu detalhes sobre a descoberta do homem suspeito de assassinar a menina Beatriz Angélica Mota, em dezembro de 2015, a deputada Dulci e o ex-prefeito de Petrolina, Odacy Amorim ficaram ao lado de Lucinha e Sandro Romildo, pais da menina.

É importante lembrar que Odacy, quando deputado estadual, promoveu audiências e levantou a bandeira por justiça. Em seguida, já com Dulci Amorim como parlamentar, a deputada promoveu encontros do casal com o governador e solicitou a realização de uma audiência pública para fevereiro deste ano.

O fato é que o casal Amorim deu uma demonstração de solidariedade, deixando de lado as eleições para apoiar uma causa que, certamente, é maior do que qualquer pleito eleitoral.

PENews

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar