Notícias

Endereços pertencentes ao senador Fernando Bezerra são alvos da PF. Bezerra pretende entregar cargo

Bezerra Coelho é suspeito de integrar um esquema criminoso de pagamentos de vantagens indevidas, por parte de empreiteiras, em favor de autoridades.

O senador Fernando Bezerra está procurando uma saída honrosa do imbróglio em que se meteu depois que foi alvo de Operação da Polícia Federal nesta quinta-feira, 19.  Bezerra colocou à disposição o cargo de líder do governo  Bolsonaro no Senado.

Bezerra Coelho é suspeito de integrar um esquema criminoso de pagamentos de vantagens indevidas, por parte de empreiteiras, em favor de autoridades.

“Tomei a iniciativa de colocar à disposição o cargo de líder do governo para que o governo possa, ao longo dos próximos dias, fazer uma avaliação se não seria o momento de proceder a uma nova escolha ou não. Esse é um julgamento e um juízo que será feito pelo presidente e pelo ministro-chefe da Casa Civil”, disse Bezerra Coelho.

Não houve manifestação da Presidência da República até o momento. Em Petrolina, diversos endereços ligados ao senador também foram visitados pela PF, dentre eles a Fundação 2020 que fica no Centro de Petrolina.

Outro alvo da operação é o filho de Bezerra Coelho, o deputado e ex-ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho (DEM-PE). Foram expedidos 52 mandados de busca e apreensão contra os endereços de todos os investigados, dentre eles autoridades públicas, beneficiários dos recursos e das empreiteiras envolvidas. Cerca de 220 policiais federais participam das diligências.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar