Notícias

Errou! Secretaria de Educação de Petrolina erra e coloca Miguel Coelho em situação desconfortável

A secretária, que de política, entende nada vezes nada, deu uma mancada na hora errada ao demitir os professores.

Um erro crasso de quem é tecnico e não sabe nada do que é política! Alguém da assessoria , ou até mesmo o próprio Miguel Coelho, precisa avisar a secretária, que o “barro” que ela excretou, pode prejudicar as eleições em 2020.

Como pode uma pessoa, de uma pasta importante, nessa altura do campeonato demitir dezenas de professores? Estamos às vésperas de uma eleição, e como todos sabem, mexer qualquer peça na administração municipal, pode causar danos colaterais irreversíveis. Principalmente quando o assunto é educação.

Os profissionais em educação com contratos que terminariam em Fevereiro de 2020, que foram demitidas pelo município, estão atordoados.  Uma dessas professoras estava de licença maternidade, e no retorno ao trabalho,  recebeu a demissão. Também foram demitidas profissionais em escolas e Novas Sementes do Bairro Terras do Sul, do CAIC da Cohab Massangano,  e do distrito de Izacolândia.  A justificativa do poder executivo é de que está fazendo realinhamento na rede municipal de ensino e convocando os aprovados no último concurso público.

A secretária, que de política, entende nada vezes nada, deu uma mancada na hora errada ao demitir os professores. E o pior, é que segundo informações, ela destratou os vereadores da base do prefeito em reunião, colocando-os nos seus devidos lugares, ao afirmar que eram necessários os cortes.

Segundo informações, os vereadores de Miguel na reunião,ficaram quietinhos e nada disseram.Pelo contrário, defenderam a gestora da pasta quando a oposição na última sessão ordinária,em requerimento,  pediu que ela fosse explicar o caso. Como todos sabem, o requerimento não foi aprovado.

Grosseria das brabas! Errou! Secretaria de Educação de Petrolina erra e coloca Miguel Coelho em situação desconfortável.

Artigos relacionados

1 pensou em “Errou! Secretaria de Educação de Petrolina erra e coloca Miguel Coelho em situação desconfortável”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar