Notícias

Governo doará celulares apreendidos em presídios

Aparelhos eletrônicos apreendidos em presídios serão doados a cursos de tecnologia para pessoas em vulnerabilidade social

Celulares apreendidos em presídios serão doados para o aprendizado de tecnologia de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Antes, os aparelhos encontrados com visitantes em unidades prisionais eram descartados ou destruídos. Em 2018, 2.410 aparelhos foram recolhidos em Pernambuco. No primeiro trimestre deste ano, cerca de 600.

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), firmou parceria com o Centro de Recondicionamento de Computadores do Recife (CRC), onde mais de 15 mil pessoas já realizaram realizaram diversos cursos – inclusive robótica – gratuitamente. A partir deste mês, todos os aparelhos eletrônicos apreendidos serão destinados aos estudantes.

O CRC oferece oficinas de 30 horas, cursos de aperfeiçoamento profissional de 90 horas e até qualificação profissional de 213 horas, onde aprendem o recondicionamento de computadores, sempre com ênfase em suportes, para repará-los. “Aprendem eletrônica, fabricação e reparo de componentes, montagem de artefatos, na maioria das vezes, voltados a pessoas com deficiência. Há um foco muito forte em redes e conectividades. Começamos há dez anos com o intuito de diminuir a exclusão digital”, explicou o presidente do CRC, Sávio França.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar