NotíciasPolítica

Guardas municipais de Petrolina sem condição de trabalhar no Parque municipal

Fica claro que a prefeitura está mais preocupada com a beleza do Parque e as novas estruturas, no entanto, quando o assunto é material humano, não há zelo

Com a chegada das chuvas em Petrolina o Blog A língua  teve acesso a vídeo e imagem  que relatam a falta de condições de trabalho dentro da guarita de acesso ao parque municipal. As imagens foram enviadas por um dos nossos leitores que viu a aflição dos guardas municipais na hora da chuva que caiu no fim da tarde do domingo, 2.

Nas imagens, é possível ver goteiras na guarita  de vigilância, que também não tem janelas para proteção do frio ou da chuva  e a  rede elétrica dentro do espaço está toda comprometida pela água que cai dentro do quadro de força, o que pode causar um curto circuito, trazendo riscos de acidentes para quem está no plantão.

Fica claro que a prefeitura está mais preocupada com a beleza do Parque e as novas estruturas, no entanto, quando o assunto é material humano, a secretaria de segurança, bem como a prefeitura  ignoram a situação dos guardas, mesmo sabendo dos problemas existentes.

“Enquanto estão procurando ajeitar as coisas para quem  vista o Parque, eles não olham a situação da guarita, dos bebedouros, e principalmente a condição para trabalhar aqui dentro . Os responsáveis sabem disso, mas não estão nem aí. Estrutura precária, não tem condições nenhuma: tudo molhado, sem vidros na janela, com energia deficitária. A situação é essa. Tem que colocar uma tábua na porta pois se não o guerreiro não consegue ficar aqui. Essa é a situação, mas a gente não pode falar. Não pode reclamar. Porque se reclamar, alguns ‘cabeças pensantes’ acham que a gente está se rebelando”, relatou um dos guardas que fazia  sua caminhada no parque à tarde.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar