Agricultura FamiliarNotícias

II Feira da Agricultura Familiar e de Caprinos e Ovinos do Vale do Salitre movimenta mais de R$160 mil nos três dias de evento

 

 

Centenas de pessoas estiveram presentes na II edição da Feira da Agricultura Familiar e de Caprinos e Ovinos do Vale do Salitre, realizada neste final de semana (31 de agosto a 02 de setembro), no distrito do Junco. Uma realização da Prefeitura Municipal, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) e a União das Associações do Vale do Salitre (UAVS), a feira contou com uma programação rica e diversificada.

Para o prefeito Paulo Bomfim é sempre uma alegria fomentar, incentivar e fazer com que a economia da nossa região esteja em alta. “A prefeitura de Juazeiro está atenta aos problemas da nossa cidade. Juazeiro não só trabalha com foco em saúde, educação e infraestrutura, mas também traz incentivo ao agricultor familiar”, destacou. O evento contou com a parceria da ADAB, SEBRAE, UNEB, UNIVASF, IRPAA, STRJ, Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Governo Federal, CESOL, Polícia Militar, Central da Caatinga, Carrapich Virtual e comércio local.

“O evento veio num formato maior, pois ano passado tivemos 17 empreendedores e esse ano estamos com 34, um número bem mais expressivo. Estamos hoje com representações do artesanato, da agricultura familiar e de setores alimentícios (doces, biscoitos, geleiras, etc.), em uma feira imensa e linda, com sucesso de vendas e superando o índice comercial do ano passado”, declarou Mineia Clara, Presidente da União das Associações do Vale do Salitre (UAVS).

Mais de R$ 160 mil foram movimentados durante os três dias de evento. Para a agricultora familiar Maria das Graças da Silva Santos, da comunidade de Mulungu (Salitre), o evento é bastante positivo. “Sou agricultora familiar há apenas cinco meses e planto uma variedade de hortaliças e frutas que comercializo aqui mesmo na comunidade. Graças a Deus estou tendo uma experiência exitosa e pretendo ampliar a minha área de plantio. Hoje estou feliz por participar da feira pela primeira vez com boas vendas”, disse.

Já o agricultor familiar Ruy Hércules da Silva dos Santos, falou da felicidade em participar de mais uma edição do evento. “Essa feira é um grande marco para nós agricultores familiares. Hoje estou apresentando muitos produtos plantados aqui na região como acerola, caju, maracujá, feijão e outros. É o segundo ano que participo e estou satisfeito com a movimentação comercial”, declarou.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária Tiano Felix, uma das determinações do governo municipal é priorizar os produtores da agricultura familiar e de caprinos e ovinos. “Entendemos que esses setores são responsáveis por grande parte do PIB do município de Juazeiro, ou seja, pela renda gerada aqui. O nosso objetivo é casar turismo, cultura e lazer com a feira, pois o Vale do Salitre tem um diferencial muito grande, principalmente pela sua capacidade turística e estamos trazendo para o vento cada vez mais essa opção”, afirmou.

O carro chefe da economia na região do Salitre é a agricultura familiar, porém a caprinovinocultura tem crescido e se fortalecido a cada ano. Para o produtor de caprinos e ovinos Ismael Carlos Barbosa de Jesus, a feira é um dos fatores responsáveis pelo crescimento da atividade. “Sou produtor há 15 anos e devido essa feira, o setor tem se renovado cada vez mais. Os criadores só têm a agradecer aos envolvidos por esse grande evento, um dos melhores de Juazeiro”, frisou.

A feira também contou com palestras, entrega de mudas de palma às associações, torneio leiteiro, exposição de trabalhos tecnológicos, torneio de pista, entrega do Cadastro Ambiental Rural (CEFIR), cadastramento e recadastramento do Garantia Safra pelo STRJ, julgamento do torneio de pista, I Mostra Audiovisual do Vale do Salitre, manifestações culturais como Samba de Velho e Roda de São Gonçalo e atrações musicais.

Artigos relacionados

1 pensou em “II Feira da Agricultura Familiar e de Caprinos e Ovinos do Vale do Salitre movimenta mais de R$160 mil nos três dias de evento”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar