Notícias

Impacto 2020: Pré-candidatos ricos têm vantagem nos partidos

Na Capital do Sertão, quatro dos vereadores da base do prefeito e que tem planos de reeleição, são ricos, e nessa hora, dinheiro é essencial.Seja bem vindo 2020, as eleições já começaram.

Depois  que as doações de empresas para campanhas eleitorais foi proibida, as siglas partidárias decidiram dar predileção  para políticos já conhecidos com mais renda e patrimônio, bem como, para aqueles nomes mais conhecidos na sociedade. Em Petrolina, por exemplo, pelo menos quatro vereadores têm patrimônio gigantesco e pelo menos três,são velhos conhecidos  e que farão diferença na eleição de 2020.

Pelo desempenho que obtiveram nas últimas eleições, estes candidatos cumprem os requisitos de ter um nome conhecido, e também, uma boa reserva financeira. Entre os vereadores ricos, estão os nomes de Edílson do Transito, Gaturiano Cigano, Gilberto Melo e Maria Elena. Entre os velhos conhecidos da sociedade, pairam os nomes de Zenildo do Alto do Cocar, Osório Siqueira (presidente da Casa), e Major Enfermeiro.

Estes vereadores, caso consigam se viabilizar em seus novos partidos, também terão acesso aos recursos do fundo partidário. Neste quesito, por exemplo, leva vantagem os partidos mais votados nas últimas eleições, caso do PSL e do PT, por exemplo, e também de legendas que sempre contam com um valor maior para dispor, como DEM, PSDB e MDB. Pelas regras atuais, todas as despesas, desde que não ultrapassem o teto definido para o cargo pleiteado, poderão ser pagas pelo próprio candidato.

O Blog A língua apurou com os dirigentes partidários que a expectativa de arrecadação para a próxima eleição é maior. Em primeiro lugar, porque o fundo partidário terá mais dinheiro. O Ministério da Economia prevê destinar R$ 2,5 bilhões para o fundo eleitoral, que será usado para custear gastos de candidatos a prefeito e vereadores no ano que vem. O valor é 47% maior do que o R$ 1,7 bilhão utilizado na disputa do ano passado, quando as eleições eram gerais, mais caras e abrangentes.

Quem não tem dinheiro, usa o que tem, a máquina!

Entre os candidatos que não tem lá muito dinheiro em suas contas bancárias, estão outros  vereadores da base. No entanto, um chama a atenção: Aero Cruz. O vereador, conta com outro quesito que se leva muito em conta nas eleições. A ajuda da máquina. Essa ajuda é para poucos, e somente aqueles que são de fato, amigos do rei. O vereador como todos sabem, é quem mais usufrui da máquina conduzida pela gestão atual.Ele mesmo já disse que é o maior cabo eleitoral do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, o que poderá ajudar na sua campanha, já que demonstrou ser de confiança extrema.
Se o acordo vigente com o prefeito durar até as próximas eleições, Aero, terá a oportunidade de na próxima eleição,  não ficar apenas como suplente, mas, subir de primeira para o posto de vereador.

Depois  que as doações de empresas para campanhas eleitorais foi proibida, as siglas partidárias decidiram dar predileção  para políticos já conhecidos com mais renda e patrimônio, bem como, para aqueles mais conhecidos na sociedade. Na Capital do Sertão, cinco dos vereadores da base do prefeito e  que tem planos de reeleição, são ricos, e nessa hora, dinheiro é essencial.Seja bem vindo 2020, as eleições já começaram.

Artigos relacionados

1 pensou em “Impacto 2020: Pré-candidatos ricos têm vantagem nos partidos”

  1. Aero Cruz não tem dinheiro tá com piada né,olhe lá se este dai não for o que tem mais dinheiro,ele é feito gato esconde tudo,só prestar atenção na moto que ele anda e nos carro,quem não tem dinheiro não anda com estes brinquedinhos pela rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar