NotíciasPolítica

Juíza proíbe governo Bolsonaro de comemorar golpe de 1964

Na prática, várias unidades militares anteciparam as celebrações ao movimento golpista para esta sexta (29)

A juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara da Justiça Federal em Brasília, proibiu nesta sexta (29) o governo de Jair Bolsonaro de comemorar o aniversário de 55 anos do golpe de 1964 no próximo domingo (31).

Ela atendeu a um pedido de liminar apresentado pela Defensoria Pública da União, que alegou risco de afronta à memória e à verdade, além do emprego irregular de recursos públicos nos eventos.

“Defiro o pedido de tutela de urgência para determinar à União que se abstenha da ordem do dia alusiva ao 31 de março de 1964, prevista pelo ministro da Defesa e comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica”, decidiu a magistrada.

Ela determinou que a Defesa seja intimada da ordem. No início da semana, Bolsonaro havia determinado à pasta que o golpe fosse comemorado nos quartéis.

Na prática, várias unidades militares anteciparam as celebrações ao movimento golpista para esta sexta (29), já que o aniversário cairá no domingo.

Artigos relacionados

9 pensamentos “Juíza proíbe governo Bolsonaro de comemorar golpe de 1964”

  1. fascinate este conteúdo. Gostei muito. Aproveitem e vejam este site. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para se informar mais. Obrigado a todos e até mais. 🙂

  2. The root of your writing while sounding agreeable originally, did not sit very well with me after some time. Someplace throughout the paragraphs you managed to make me a believer but only for a short while. I nevertheless have got a problem with your jumps in logic and you might do well to help fill in those breaks. When you can accomplish that, I will definitely end up being impressed.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar