GeralNotícias

Labec-Univasf promove projeto para idosos

após uma queda um idoso que era ativo pode passar a depender de cuidados de outras pessoas, sendo a fratura de fêmur uma das mais graves nas pessoas com 60 anos ou mais.

Pessoas de todas as idades podem sofrer queda independentemente da idade. Porém, para a pessoa idosa, uma queda pode representar um problema grave levando, inclusive, a limitações funcionais que antes não existiam.

Por esse motivo,o Laboratório de Exercício Clínico (LABEC) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas para quem deseja participar do projeto de pesquisa de exercícios físicos para idosos na prevenção de quedas. O objetivo é melhorar as capacidades físicas e cognitivas dos voluntários.

O objetivo é desenvolver a prática de atividades voltadas à promoção e à prevenção da saúde física e mental de idosos atendidos no Vale do São Francisco.

Live discutirá o impacto da pandemia na vida dos idosos – Secretaria de  Estado de SaúdeNas atividades, o LABEC, abordará a prevenção de quedas com orientações, alongamentos, exercícios de fortalecimento muscular, de equilíbrio e de coordenação com todos os idosos envolvidos. Segundo o Laboratório, após uma queda um idoso que era ativo pode passar a depender de cuidados de outras pessoas, sendo a fratura de fêmur uma das mais graves nas pessoas com 60 anos ou mais.

“Por ser o maior osso do corpo humano, esse rompimento pode causar perda da funcionalidade e aumento da mortalidade na população idosa”, explicam.

Dá para prevenir, sim!
  1. Evitar tapetes soltos.
  2. Escadas e corredores devem ter corrimão nos dois lados.
  3. Usar sapatos fechados com solado de borracha.
  4. Colocar tapete antiderrapante no banheiro.
  5. Evitar andar em áreas com piso úmido.
  6. Evitar encerar a casa.
  7. Evitar móveis e objetos espalhados pela casa.

Direitos dos idosos: Conheça alguns dos benefícios e gratuidades | Pronto  CareO projeto terá duração de 6 meses, é gratuito e tem o acompanhamento supervisionado por profissionais capacitados. Podem participar idosos com 65 anos ou mais (homens e mulheres), sedentários e com queixa de problemas de memória.

As inscrições devem ser feitas no LABEC, que fica no Campus da Univasf Petrolina, no Centro. Mais informações pelo número (87) 9 9128- 9898.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar