Notícias

LOA é aprovada em Petrolina na base do copia e cola

 

Como uma espécie de ” Copia e cola” , a matéria que tratava  das diretrizes com vistas à elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018, foi aprovada conforme parecer da Comissão de Finanças e Orçamento. A LOA que foi aprovada pela Câmara, em nada difere da que o ex-prefeito Julio Lossio  também aprovou na gestão passada, ou seja, apertaram o botão do  control “C”e  control “V”. Tudo  igual.

O único fato inusitado,  foi que os vereadores Gilmar Santos e  Cristina Costa (PT), viram 4 de  suas emendas modificativas  saírem do projeto , do mesmo modo que  já haviam sido rejeitadas pela Comissão da Casa Plínio Amorim.

Gilmar Santos esperneou  e muito falou da falta de comprometimento da Prefeitura de Petrolina,  para o segmento cultural do município,  e acirrou o debate dizendo que ” Não há  compromisso do governo Novo tempo com a cultura”. Alfinetou.

Cristina Costa em sua fala,  disse, que  o lado politico das conveniências , foi prevalecente  sobre o remanejamento orçamentário, que dá poderes absolutos  ao prefeito Miguel Coelho (PSB),  para  aja como bem entender em assuntos financeiros, sem pedir autorização ao Legislativo. Cristina,  se manteve fiel ao seu posicionamento, que na gestão passada foi o mesmo, e, ainda  sugeriu que o remanejamento ficasse em 20%. No entanto,  a força maior dos vereadores de situação ,  aprovaram 40%.

Vamos em frente.

Por Cauby Fernandes

@lingua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar