Notícias

Miguel Coelho brincando de se esconder

 

hide-and-seek-funny-kids-3

Por que Miguel Coelho esconde o pai?  Se você eleitor parou pra assistir o programa eleitoral de Petrolina, em especial o do Partido Socialista Brasileiro (PSB), notará a falta da figura do Senador Fernando Bezerra.

Quais seriam os motivos que levam a direção da campanha de Miguel Coelho de não expor a imagem do político senador?

Se FBC é esse ícone de boa oratória, de carisma, de figura que abafa quando chega Por que não se usa tantos bons predicados na hora de se produzir o guia?

O candidato Odacy Amorim tem explorado a enjoar a imagem do ex-presidente Lula, Adalberto explora a imagem de Afrânio, Cidade que foi prefeito (Se bem que não é exemplo), Edinaldo Lima explora bem a imagem de Julio Lossio. Mas por que Miguel  Coelho esconde o pai?

Isso está relacionado, claro, ao que acontece no cenário nacional sobre as denuncias contra o senador. É óbvio que a direção do guia eleitoral não vai querer que o eleitor  veja em  Miguel Coelho  a imagem do seu pai.

Ao longo desses últimos oito anos, o PSB se mexeu em Petrolina para  não deixar que se apagasse da cabeça do povo a imagem de FBC como o homem que fez as avenidas largas da cidade de Petrolina. Tal é o apego a essa marca que em todos os discursos de Miguel o referencial será sempre o shopping, as avenidas e nada mais do que isso. Falta falar da infraestrutura humana, do social que em tempos de governo do PSB, foi deixado de lado e se priorizou as obras de cimento e cal. Em épocas de muitas  denuncias vindas de todo lado, Fernando Bezerra se torna o pior cabo eleitoral para Miguel Coelho.

O melhor a fazer  é remar com os próprios braços, já que os do seu pai estão ocupados.

 

 

Por  Cauby  Fernandes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar