Notícias

Miguel Coelho e a multa de 3,6 Milhões de Reais

downloadO prefeito eleito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB) e a Coligação Petrolina com a Força do Povo ,a qual ele representa, foram condenados a pagar multa de R$ 3,6 milhão por veicular propagandas eleitorais irregulares durante a campanha.

Durante a campanha o o candidato foi advertido diversas vezes em que foi identificada a irregularidade e não mudou o comportamento. Por isso a multa foi calculada nesse montante .
Ainda durante a campanha, o candidato teve uma mãozinha de uma Retransmissora de TV do Vale do São Francisco que retirou da programação eleitoral diversas inserções dos adversários do candidato, favorecendo a coligação encabeçada pelo PSB de Miguel Coelho.

Culpando a TV
A Coligação Petrolina com a Força do Povo , naqueles dias manifestou sua insatisfação diante do que eles chamam de “erros” cometidos pela TV Grande Rio. Segundo a coligação foram perdidas 36 inserções e 1 programa completo do guia eleitoral.  A coligação acionou judicialmente os responsáveis pela Emissora.
No frigir dos ovos , vai caber a justiça Eleitoral julgar culpada ou não a Coligação Petrolina com a Força do Povo . O que mais nos intriga é o fato dos meios de comunicação não expor essa barbarie de farras de multas que chegam a soma de mais de 3 milhoes,  e não se ouve nem se comenta sobre o fato. Claro que cabe recursos, e pela força politica e pela influencia que o grupo de FBC tem, ficará fácil se livrarem de penas mais severas.
Por Cauby Fernandes
@Lingua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar