NotíciasPolítica

Miguel Coelho e O Rappa: o discurso do ódio. Nem os tios mortos contam. Veja vídeo

Miguel Coelho em discurso no povoado de Izacolandia, e por conta dos ânimos exaltados que a campanha produz, soltou uma pérola que poderá ser lembrado pelas  próximas gerações.  Vamos comparar as frase do prefeito com a música do Rappa. Acompanhe:

“Os que sobravam encostados no balcão, ali permaneciam nos trabalhos em meio ao parado, não se ouve tiros ,não há estardalhaços, bicho gente, bicho grilo quero que se dane! …Gatos humanos espreitam Choram mimados meu rango, Gatos humanos espreitam
Choram mimados meu rango. Meu escudo é minha hóstia!

Não dividiria com qualquer animal…Meu prato de domingo a carne assada
É o principal…Meu escudo meu escudo é minha hóstia!” O Rappa.

Essa música conta a história de um homem solitário, que mesmo passando dificuldades não sabe ser solícito com os seus. Aonde Queremos chegar? Queremos chegar na falta de tato e de uma boa assessoria que faz uma enorme falta a um garoto inexperiente.

No seu discurso em Izacolandia em prol da campanha de seu irmão Antonio, Miguel Coelho disse: “… Se tirar o que Fernando e Guilherme “fez” nem Izacolandia ia existir direito. Isso sem falar do que o Coelho novinho que sou eu,  fez”, e prosseguiu, dizendo:  “…Aqui não tem mais Coelho de Osvaldo e Fernando, agora só tem Coelho de Petrolina”.

Quanto aos pedidos de um certo vereador da região ele disse: “…Um vereador de fala-fina, falou que eu não atendo seus pedidos, e aí eu disse: “Eu vou atender quem me critica? Eu vou atender quem está do meu lado!”, concluiu.

O mais engraçado dessa história, é ver “encostados no balcão, um bando de assessores aplaudindo um desabafo dessa qualidade, sem ao menos dizer… Pare! Destratou o pai, os tios, exaltou seu trabalho e ainda por cima disse que oposicionistas não tem vez. E a cidade? E o Distrito de Izacolandia não contam? Isso só prova a inexperiencia do prefeito. Um prefeito governa para a cidade e não para seus vereadores! Pedidos são pedidos, sejam eles de oposição ou de situação.

“Os que sobravam encostados no balcão, ali permaneciam nos trabalhos em meio ao parado, não se ouve tiros ,não há estardalhaços, bicho gente, bicho grilo quero que se dane! …Gatos humanos espreitam Choram mimados meu rango, Gatos humanos espreitam
Choram mimados meu rango. Meu escudo é minha hóstia!” O Rappa.

Veja vídeo:

 

Artigos relacionados

3 pensamentos “Miguel Coelho e O Rappa: o discurso do ódio. Nem os tios mortos contam. Veja vídeo”

  1. Governa para o seus. Governa o município em prol da sua família, dos agregados, dos assessores, que dia a dia demonstram sinais de opulência financeira.
    Só não ver quem não quer!
    São profissionais em política e usam e abusam de factóides para enganar os desavisados e se perpetuar no poder.
    BASTA!

  2. Para ver como é fraco,ele não tem que atender nem um favor particular de nem um vereador pois não é sua obrigação,agora atender uma indicação,requerimento para o bem da comunidade ele tem mas do que direito e obrigação de fazer,pois a prefeitura não e a sua casa muito menos os impostos que sociedade paga, ele ficar com esta conversa de menino buchudo,quer dizer que ele só vai fazer se a população passar a língua no saco dele como muitos vereadores sem personalidade e presidentes de bairro fazem, a sociedade tá lascada com este tipo de gestor,continuem votando neste tipo de político que nosso destino e a vala.

  3. NO DIA 7 DE OUTUBRO VAMOS COMEÇAR A MUDANÇA VAMOS COMEÇAR NAO ELEGENDO O FILHO MAIS NOVO QUERENDO FAZER DA POLITICA UMA PROFISSÃO, E DANDO UMA RESOSTA TAMBÉM A FERNANDO FILHO QUE SALVOU TEMER. E DAQUI A 2 A NOS DAR A RESPOSTA A ESSE PREFEITO DAS MIDIA QUE QUEM ERA COELHO DE VERDADE ERA OS ANTIGOS E NÃO ESSES QUE ESTÃO ENVOLVIDOS EM LAVA JATO… MUDA PETROLINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar