Notícias

Miguel Coelho perde a presidência do PSB em Petrolina

Resultado de imagem para miguel coelho

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, nada satisfeito com a decisão do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que decidiu destituí-lo da presidência da comissão provisória do PSB local, determinada pela Executiva Estadual da legenda,  desabafou dizendo que o partido não o quer dentro da sigla e que o PSB não reconhece o trabalho de estruturação que ele e seu grupo fizeram para retomar o poder na cidade de Petrolina. O prefeito fez pronunciamento nesta terça-feira (14) sobre sua destituição e sobre sua saída do partido.

Miguel Coelho, diz ter  recebido a notícia com tranquilidade. Ele,  que foi  informado da mudança na tarde de ontem, dia 13, se posicionou com naturalidade depois de receber a informação pelo presidente estadual do partido, Sileno Guedes. “O presidente estadual me ligou informando que atendeu a uma provocação e ao pedido do deputado Lucas Ramos e de Gonzaga Patriota que havia o pedido de destituição. Eu vejo como natural porque os nossos grupos políticos não são os mesmos”, disse o prefeito fazendo referência à saída do pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, do PSB migrando para o PMDB.

Desde de  agosto de 2015,  a presidência do PSB local , foi colocada nas mão de Miguel Coelho, por conta disso, o prefeito  avalia  que  o tempo que ficou no cargo, acrescentou para  o partido e para Pernambuco. O prefeito  alertou que o Brasil vai saindo das crises e  que Pernambuco está sofrendo com o governo Paulo Câmara, que a cada dia seu governo  vai decaindo . “Infelizmente a gente vê que o Brasil está saindo das crises, mas Pernambuco está se afundando cada vez mais e eu desejo sorte a Gonzaga, fico feliz e tenho orgulho do momento que fiz parte da presidência durante este tempo. Mas meu compromisso é fazer Petrolina crescer”, disse

Como todo bom “Coelho” que se preze, o  prefeito não baixou a cabeça e  disse com o tom que lhe é peculiar ao falar, e bradou dizendo  que  “no momento certo” sairá para outro partido .

Está claro que o PSB não nos quer no partido. Vou procurar um novo destino e sair no momento certo. O partido mostra que não quer mais o trabalho que fizemos de reconquistar a Prefeitura de Petrolina após 10 anos, e todo o trabalho de estruturação do partido que fizemos”, declarou.

 

 

Por Cauby Fernandes

Artigos relacionados

1 pensou em “Miguel Coelho perde a presidência do PSB em Petrolina”

  1. É GALEGUINHO, VOCE COM ESSA CARINHA DE INOCENTE ENGANOU MUITA GENTE. MAS AGORA VOCES ESTAO PERDIDOS, POR AMBIÇÃO POLITICA. PRA COMPLETAR SEUS ASSESSORES NAO ESTÃO GOSTANDO NEM UM POUCO COMO ANDA O #NOVOTEMPO. SE PREPARA QUE VAI TER MUDANÇA….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar