Notícias

Rede de Mulheres Negras entregam carta pública ao MPF em Petrolina

A Rede de Mulheres Negras de Pernambuco, protocolará na sede do Ministério Público Federal em Petrolina, na tarde desta quarta-feira, 21,  uma carta pública que lista ameças a direitos das Mulheres negras através do racismo que ainda atinge comunidades em todo o País. O documento é assinado por um conjunto de entidades.

A finalidade do encontro é mostrar  a força da mulher e a luta contra o fim  da Discriminação Racial, que tem sido marcante na vida da população. O racismo no Brasil é algo pertinente desde o período colonial, no qual os portugueses achavam que a cor da pele determinava características como: força e capacidade intelectual.

Com a abolição da escravidão e a criação de leis que visam erradicar o racismo, essa prática criminosa diminuiu muito; no entanto, ainda encontra-se presente na sociedade atual. Por conseguinte, as pessoas negras sofrem diariamente com piadas na internet, recebem salários inferiores aos brancos e são excluídas de vários grupos sociais. Logo, percebe-se que há uma necessidade dos Governos, juntamente com a população, realizar medidas preventivas para mudar esse cenário.

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar