NotíciasPolítica

Nada de oração: bancada evangélica vai iniciar independência do governo

A decepção  é geral. Somente uma revelação divina poderá mudar os planos dos evangélicos

A bancada evangélica do Congresso pretende anunciar independência em relação ao governo.A decisão foi tomada em reunião nesta quarta (13).Um comunicado será emitido assim que o grupo eleger seu novo novo presidente.

A bancada evangélica, que foi crucial na campanha de Bolsonaro e na frágil sustentação do início de seu governo, vai oficializar a saída da base de apoio. O posicionamento deve ser divulgado logo após a tensa eleição do novo líder da frente, nome que deve ser conhecido nas próximas semanas. Os parlamentares da bancada se queixam da falta de diálogo com o governo e também da falta de espaço na Esplanada.

A última reunião da bancada com Bolsonaro foi em 18 de dezembro, ainda durante o período da transição, desde então, o presidente só recebeu alguns membros individualmente, o que desagrada parte do grupo. A bancada foi uma das primeiras a declarar apoio ao Bolsonaro. Eles lançaram em outubro do ano passado o ‘Manifesto à Nação’, em que declaravam o apoio ao candidato do PSL.

Agora, nada de oração.A decepção  é geral. Somente uma revelação divina poderá mudar os planos dos evangélicos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar