Notícias

O bola murcha pediu desculpas….Falou demais.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, pediu desculpas pela declaração em que afirmou que os homens procuram menos o serviço de saúde que as mulheres pelo fato de trabalharem mais. Segundo ele, a sua declaração foi mal interpretada e que jamais diria que os homens trabalham mais que as mulheres. A declaração foi criticada até mesmo pela própria filha do ministro, Maria Victória.
“Conhecendo o quanto as mulheres trabalham, eu jamais diria que os homens trabalham mais que as mulheres. Quero deixar claro que eu me referia ao número de homens no mercado de trabalho, que ainda é maior”, disse Barros por meio de nota. “As mulheres, além de trabalhar fora, têm as tarefas de casa, cuidam da família e ainda arrumam tempo para cuidar da saúde. A campanha que lançamos quer espelhar esse exemplo das mulheres”, completou.
Nesta quinta-feira (11), o ministro havia dito que os homens não cuidam tanto da saúde quanto as mulheres pelo fato de trabalharem mais. “É uma questão de hábito, cultura. Os homens, até porque trabalham mais, são os provedores da maioria das famílias, não acham tempo para se dedicar à saúde preventiva. Mas é realmente uma cultura que precisa ser modificada. Quem precisa acha tempo”, afirmou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar