NotíciasPolítica

O usurpador: Manoel da Acosap tenta enganar Agentes de endemias .A Lei é Federal

Com amnésia inconteste, Manoel da Acosap, que parabenizou o prefeito

Com o intuito de dizer que o reajuste dos servidores é algo do executivo municipal, o vereador da base governista da Casa Plínio Amorim, Manoel da Acosap,demonstra que quer usurpar um projeto que é Lei Federal. O prefeito de Petrolina, mandou com atraso o PL n°004/2019 que reajusta do Piso Salarial dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate a Endemias (ACE) de Petrolina.

Forçado pela Lei Federal, ou se reajustava o salário da classe, ou sérias consequências viriam para o município de Petrolina. Outros municípios pernambucanos já tinham reajustado aquilo que era de direito dos servidores.No entanto, se fazendo dono do projeto, o intuito do vereador Manoel da Acosap,  é passar a imagem que é ele o desbravador dos sete mares, e que nele é que está  a ancora de salvação. Uma grande farsa. Como já dissemos: ou reajustava, ou a Lei federal seria jogada no lixo.

Com amnésia inconteste, Manoel da Acosap, que parabenizou o prefeito, esqueceu de citar que  a Medida Provisória  827/2018 foi aprovada em julho do ano passado pelo Congresso Nacional é uma obrigação do Executivo municipal o seu cumprimento.

“Inclusive o projeto chegou no gabinete dos vereadores de oposição por volta das 9 horas da última quarta (20), e nós vereadores, temos a obrigação de analisarmos minuciosamente, temos que analisar cada palavra escrita no projeto. Ao percebermos que não constava na proposição um reajuste com efeito retroativo ao mês de janeiro, exigimos a modificação do documento, garantindo o reajuste retroativo. A categoria merece respeito e reconhecimento pelo trabalho e dedicação diuturnamente à saúde preventiva de nossa população petrolinense”, destacou Paulo Valgueiro, o líder da oposição na Câmara.

O colega de bancada, Gilmar Santos foi ainda mais enfático: “Não adianta ficar aqui os nobres vereadores enchendo a bola do prefeito por enviar esse PL para cá, é uma obrigação do Executivo. Vale ressaltar, que o prefeito ainda mandou com atraso”, criticou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar