NotíciasPolítica

Obrigação: Fernando Filho não é campeão. Está apenas cumprindo o tratado com o povo

Homi!

Alguém disse: o deputado federal Fernando Filho foi o campeão de emendas! Campeão? Não. No livro antigo está escrito assim: Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer.”(Lucas 17 : 7-10)

Partindo dessa premissa, nos perguntamos: qual é o papel do deputado federal? E a resposta vem a galope: deputado Federal é o representante eleito para a Câmara dos Deputados, uma das duas casas do poder legislativo federal no Brasil. De acordo com a Constituição Federal do Brasil de 1988, é o representante nacional popular, eleito por voto direto.

Então, Fernando Filho está na Câmara por que o povo quis, certo? Nem eu, nem você caro leitor, podemos entrar na Câmara federal e dizer: quero emendas para meu município. É papel do deputado. Se Fernando Filho tem exercido com competência esse papel, parabéns, mas isso ele tem que fazer mesmo, até por que foi eleito para isso. Nos representar. Então, não me venha com essa conversa de campeão!

Mas nós entendemos. É preciso ele estar na mídia.Por que dentro em breve, um novo nome vai comandar a 3ª Superintendência Regional da Codevasf, em Petrolina. O órgão federal é a noiva cobiçada que todas as lideranças desejam. E o grupo de FBC, não pretende entregar de mãos beijadas a tão cobiçada pasta, por isso, é preciso lembrar a todos sobre os campeões de emendas. Fernando Filho não é campeão. Está apenas cumprindo o que foi tratado com o povo, e isso foi referendado com votos.

 

Artigos relacionados

1 pensou em “Obrigação: Fernando Filho não é campeão. Está apenas cumprindo o tratado com o povo”

  1. A ânsia de poder não é originada da força, mas da fraqueza – Erich Fromm

    As vezes as notícias são publicadas com a clara intenção de subverter a ordem e a lógica das coisas.

    Um Deputado Federal, utilizar as emendas, em prol da população, não é mais do que a sua obrigação. A análise é: saber onde e quando foram alocadas tais emendas.

    Acredito, na minha inocência, que foram alocadas onde ocorreu, demanda justificavel para o investimento. Se foi alocada, através da Codevasf, acredito que as ações vão trazer crescimento, emprego e renda para população de Pernambuco – falei Pernambuco, afinal a Codevasf não atende somente Pétrolina.

    Agora, Quando foi alocada, é uma outra questão, que acredito ser bem mais séria. Estamos em Janeiro/19. Será, que o gás todo, foi dado nos meses pré eleitorais de 2018? Acredito que não, não é Ministéro Público!

    Porque, se isso ocorreu, é passível de investigação e de adoção de penalidades.- Afinal longe de mim insinuar compra de votos.

    Enfim, como todos nós sabemos, parte da impressa apenas divulga press release travestidos de materias autorais.

    Nesse momento de mudança, nada mais útil que utilizar esse expediente para marcar território. E tentar, quem sabe, evitar o invitavel, a perda da Codevasf.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar