Notícias

Pasmem! FBC quer aprovar indicação de Filho de Bolsonaro para ser Embaixador

“O governo tem maioria na Comissão de Relações Exteriores e no plenário”, garantiu Fernando Bezerra Coelho

“Estamos cuidando para que, se essa indicação for feita, ela ser aprovada pelo Senado. O governo tem maioria na Comissão de Relações Exteriores e no plenário para aprovar o nome do Eduardo Bolsonaro”, disse Bezerra.

Não é de surpreender que Fernando Bezerra (MDB/PE), defenda planos familiares. Como todos sabem, ele é árduo defensor de projetos estritamente familiares. Uma prova disso, é ter dentro de casa, dois filhos deputados (um federal e um estadual), e um prefeito, diga-se de passagem, da maior cidade do Sertão pernambucano, Petrolina.

O senador confessou que conversou com o presidente e disse que Jair Bolsonaro “está inclinado” a oficializar a indicação. Mais uma das peripécias do senador. E quer saber? Vai acontecer. Como temos um presidente que está perdido em meio ao poder que lhe foi outorgado, não é de estranhar que conselhos absurdos, sejam passados todo dia para Jair Bolsonaro, que hoje está vislumbrado pela fama e pela sede de poder.

FBC é favorável à indicação do deputado  e filho do presidente Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil em Washington, nos Estados Unidos.  Segundo informações,FBC está trabalhando para que a indicação do filho para o cargo seja aprovada pela Casa.O líder do governo no senado, disse  que está cuidando do assunto.

Um embaixador indicado pelo presidente da República deve ser sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores do Senado. O colegiado, então, vota pela aprovação ou não do nome e depois a análise vai ao plenário da Casa.

 

Artigos relacionados

1 pensou em “Pasmem! FBC quer aprovar indicação de Filho de Bolsonaro para ser Embaixador”

  1. Quem conhece FBC sabe que ele defende o que for necessário para permanecer no jogo e com o poder nas mãos.
    Esse espaço dado pelo inexperiente presidente está sendo preenchido por FBC de maneira exemplar. Colocou no bolso toda bancada nordestina e hoje não é exagero dizer que o governo federal no Nordeste é dele é de mais ninguém.
    Essa defesa da nomeação do 02 é só mais um exemplo para mostrar Que para FBC não importa a ética, a moral ou a decência.
    O que vale mesmo são seus interesses pessoais e familiares junto ao governo federal e seu projeto de poder familiar.

Deixe uma resposta

Fechar