Notícias

Petrolina: assessorias de comunicação dos políticos erram ao ignorar imprensa menor

No entanto,alguns assessores da política local,muitas vezes só dão valor aqueles que já estão no mercado há muito tempo.É um erro crasso, e muitos jornalistas estão ainda presos ao passado e esquecem que a informação é rápida e sofre constantes transformações.

Petrolina não é mais a mesma quando só existiam dois ou três meios de comunicação. A cidade cresceu,e com ela, a comunicação.Diversas rádios surgiram na cidade e outros meios na comunicação estão se firmando cada vez mais. Uma prova disso, são diversos blogs que  tem surgido e dado novas cores ao formato da informação.

No entanto,alguns assessores da política local,muitas vezes por serem ignorantes, só dão valor aqueles que já estão no mercado há muito tempo.É um erro crasso, e muitos jornalistas estão ainda presos ao passado e as tradições se esquecendo que a informação é rápida e sofre constantes transformações.

Na Câmara de Petrolina por exemplo, existem certos assessores de imprensa, que ridicularizam certos sites só por que são pequenos, e até faltando a ética, destratam, dentro da sala de imprensa os blogs  e as rádios menores. Não sabem que nesses veículos menores, existem pessoas que são assíduas nas programações, nos conteúdos diários e principalmente são seguidores.

É claro que todos querem aparecer nos melhores e maiores sites, mas existem várias outras publicações que sua audiência lê, mesmo que sejam menores. Divulgar o assessorado em publicações menores de nicho é essencial para atingir potenciais leitores – são essas publicações, inclusive, que geram cliques com maiores taxas de leituras.

 

Se estão errando, é porque precisam voltar a aprender. “A ignorância é a mãe das tradições”, disse o Barão de Montesquieu.

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar