GeralNotíciasSaúde

Petrolina: aumento da população de jacarés preocupa vizinhos da lagoa de Manoel dos Arroz

Só tomarão providencias quando tivermos notícias de ataques?

Virou rotina em Petrolina, sertão do São Francisco, ver nos noticiários que Jacarés foram capturados pelo Corpo de Bombeiros. Os moradores que residem em bairros vizinhos a Lagoa de estabilização de Manoel dos Arroz, vivem amedrontados com a presença dos répteis em frente às suas moradias.

Jacaré “passeia” na avenida Clementino Coelho e chama atenção de curiososSó nesta semana, 3 jacarés foram vistos nas ruas dos bairros. O número desses animais só tem crescido. Isso porquê, por não terem predadores naturais nesta área, e terem comida em abundancia, os répteis tem aumentado a sua população com números preocupantes Os moradores dos bairros vizinhos à Lagoa, estão fazendo pedidos  para que seja realizada uma audiência pública para discutir o problema.

“Acredito que só tomarão providencias quando um jacaré desses invadir condomínios ou prédios na orla de Petrolina. Há anos que pedimos providencias, mas as autoridades fazem ouvido de mercador e não nos ouve. Só quando tivermos noticias de um ataque, é que farão o dever de casa. Tenho certeza que se fizer um esforço concentrado é possível controlar a população desses animais ou fazer um plano de manejo destes répteis”, disse Carlos Chagas, morador do bairro KM2

Jacaré – Blog do Waldiney PassosApesar da afirmação de que a população do entorno da lagoa estaria incomodada com os animais, um ciclista que treina nas imediações questiona a necessidade de se tomar alguma medida. “Mesmo que está lá todo dia quase não vê os jacarés, que só ficam quietos, não incomodam ninguém. Há problemas muito mais graves para resolver, como a presença de cavalos na orla. Sem falar na sujeira que as pessoas deixam a região nos fins de semana, jogando lixo nas pistas de caminhada”, disse o economista Gelton Pinto Coelho Filho, de 41 anos.

Segundo ele, sempre que entra um novo secretário, rapidamente se fala nos jacarés. “Se fizer um levantamento, há mais de 15 anos se fala nisso, mas nunca houve um único caso de ataque por parte dos jacarés”, indaga.

A verdade é que os vereadores da cidade, bem como, a Comissão que cuida da parte animal na Câmara de vereadores, precisa provocar as autoridades competentes para que providencias sejam tomadas.

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar