Notícias

Petrolina e R$ 50 milhões de obras paradas

Em Petrolina, segundo dados do Tribunal de Contas do Estado, o município tem ao todo 62 obras paralisadas, isso representa uma soma nos contratos com valores próximos a R$ 50 milhões.

Recentemente, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli solicitou um levantamento sobre as obras paralisadas em todo o país. O TCE/PE, fez levantamento em várias cidades, e constatou muitas obras paradas em Pernambuco. Em Petrolina, segundo dados do Tribunal de Contas do Estado, o município tem ao todo 62 obras paralisadas, isso representa uma soma nos contratos com valores próximos a R$ 50 milhões.

Quem esteve em Petrolina durante esta semana,foi o auditor do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, Pedro Teixeira, o auditor  veio com uma missão  de treinar os auditores do município para o uso de drones nas fiscalizações.

“Nós estamos utilizados drones nas nossas inspeções. Amplia demais as nossas possibilidades de atuação”, destacou Pedro Teixeira.

Responsabilidade Fiscal e prazo legal

Pedro Teixeira explicou que não existe um prazo legal pra reativação dessas obras, mas uma obrigação dos gestores. “Existem sim uma obrigação dos gestores de concluírem as obras que são iniciadas. Inclusive a Lei de Responsabilidade Fiscal impede que algumas obras sejam iniciadas, licitadas sem que as demais obras em andamento sejam concluídas”, destacou Pedro Teixeira.

Quer saber mais? acesse o site do TCE-PE.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar