Notícias

Petrolina: ele perdeu a eleição e tá lascado? Lascados tamo nós!

Quem tem político de estimação, a quem se devota todo amor, o pudor, a maneira de olhar e o raciocínio ficam conturbados. Político é pra ser cobrado  e não idolatrado. A  pessoa que tem político de estimação, não luta por por ideias e vai se desvalorizando cada dia. Geralmente essa pessoa vive num estado de embriaguez.

Quem tem político de estimação sofre que só a peste! Quando uma pessoa decide que aquele homem ou aquela mulher o representa, o peste pode ser a pior das pessoas, estar envolvido em uma série de denúncias, pode até ser corrupto comprovado, porém, por ser de estimação, aquela pessoa que o admira sempre cria argumentos para defendê-lo.

Quem tem político de estimação, a quem se devota todo amor, o pudor, a maneira de olhar e o raciocínio ficam conturbados. Político é pra ser cobrado  e não idolatrado. A  pessoa que tem político de estimação, não luta  por ideias e vai se desvalorizando cada dia. Geralmente essa pessoa vive num estado de embriaguez.

Aí, fulano perdeu a eleição e alguém diz: agora ele tá lascado! Lascado mesmo está quem o idolatra, quem o bajula. Entenda que político só liga para os seus, para sua casa! Não pense você que ele morre de amores por você  só por que o defende. Talvez nem te conheça!

Lascados | NetflixDo topo da pirâmide acham graça de você! Quem tem político de estimação  vive pensando que faz parte desse jogo, na verdade não passa de um  peão de tabuleiro que ele mesmo carrega nas costas endeusando personagens que o fazem de idiota e que sempre tem uma migalha para  dar para não  o perder  de vista.

Parece que cada vez mais entramos numa dinâmica de políticos de estimação. Quando defendemos ‘o nosso’ com unhas e dentes, passamos da fase do “rouba mas faz”, que contribuiu para lotar o cenário político de indivíduos que na maior parte do tempo apenas roubam. Agora estamos em um novo tipo de fase, ainda mais doentia e desligada da realidade: uma era de cancelamento de antigos aliados e adoração bizarra de figuras políticas, que parecem ganhar um ar messiânico na visão de certa parcela da população.

O maior problema nesse cenário é que, enquanto seres sociais, temos o hábito de repetir comportamentos de nossos semelhantes. Afinal, se muitas pessoas fazem aquilo de uma maneira, só pode ser a maneira certa.

Contar e Encantar: Nós tamo é lascado!!!Sem querer extrapolar esta reflexão, é preciso entender que existem mecanismos que tornam mais fácil não pensar muito sobre política e simplesmente comprar o pacote, marginalizando qualquer nuance como parte do outro lado, para não gastar energia refletindo por conta própria desenvolvendo um teor crítico, mas não compreendemos que o campo da política é onde realmente são tomadas decisões: se continuarmos a agir nas urnas como num campo de futebol, a escolher um time, me preocupo com o que o futuro nos reserva.

Quem tem político de estimação sofre que só a peste! Quando uma pessoa decide que aquele homem ou aquela mulher o representa, o peste pode ser a pior das pessoas, estar envolvido em uma série de denúncias, pode até ser corrupto comprovado, porém, por ser de estimação, aquela pessoa que o admira sempre cria argumentos para defendê-lo.

Ele perdeu a eleição e tá lascado? Lascados tamo nós!

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar