Notícias

Petrolina : força e união no ‘Pernambuco Quer Mudar’

27 de janeiro de janeiro o de 2018. Nesse dia , uma numerosa multidão ocupou o Coliseu Hall, Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, área central de Petrolina, para acompanhar falas de diversas autoridade que estavam em Petrolina,participando do projeto ‘Pernambuco Quer Mudar’.

O  evento do Grupo das Oposições em Pernambuco, liderado pelos senadores Fernando Bezerra Coelho (MDB) e Armando Monteiro (PTB), os ministros Fernando Filho (Minas e Energia) e Mendonça Filho (Educação), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB), não foi pequeno. O evento trouxe para a Capital do São Francisco, lideranças marcantes da frente de  oposição pernambucana, que chegaram ao evento para demonstrar força e união para as eleições de 2018.

O evento  foi considerado melhor do que aquele que aconteceu em Recife em dezembro de 2017, já que reuniu um numero  maior de pessoas , sem contar que os discursos foram mais ácidos . Com uma estrutura de encher os olhos, é bom que  os concorrentes nessas eleições, fiquem atentos e venham com força, pois  o que foi demonstrado em Petrolina  é que nenhum dos cabeças de oposição estão para brincadeiras. De verdade, a organização, a postura e a capacidade de articulação do grupo de oposições , não deixou a desejar e de fato o grupo mostrou coesão na luta por derrubar Paulo Câmara do poder.

O que se viu no ‘Pernambuco Quer Mudar’,  foi uma série de discursos que pareciam iguais, sincronizados, assim como sincronizada  estava a dupla de locutores que abriu o evento ( um show à parte). Cada politico que ali falou, deixou claro  que tem seu projeto pessoal e que também tem projeto de parceria juntos com as estrelas da festa.

Na pauta mostrada, os rumos do Estado e a necessidade de mudança. Os discursos giraram em torno de duras críticas a Paulo Câmara (PSB) e falaram também em união das oposições em prol dos pernambucanos. Além das estrelas principais, o evento também contou com prefeitos, ex-prefeitos, deputados e várias lideranças que vieram de várias partes do Estado pernambucano.

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar