EconomiaEducaçãoNotícias

Petrolina: indignação dos Professores Contratados. Dispensa está batendo à porta

"Queremos mais respeito para podermos trabalhar com dignidade, honre suas palavras Sr. Miguel, e deixe o Professor contratado trabalhar em paz. Melhore sua administração, estamos cansados de humilhações", desabafou um dos professores.

 

Os professores contratados pelo município de Petrolina estão vivendo dias de terror, e ao que parece, a dispensa dos seus serviços é uma dura realidade.

Em conversa com o blog, os professores estão se perguntando até aonde vai o modelo de administrar da gestão do Novo Tempo na Educação. Segundo eles,entra ano e sai ano e continua os mesmos embustes e falta de respeito com a classe de professores contratados. Eles alegam que pagaram  para fazer um processo de  seleção e que seus contratos foram renovados pela atual gestão, mas que logo após, a prefeitura resolveu realizar o concurso, mesmo estando em vigência outro processo seletivo com uma lista imensa de classificados.

Os professores contratados reclamam da Secretaria de Educação, e dizem que ninguém sabe informar nada sobre o assunto,e geralmente, passa informações contraditórias aos gestores. Em mensagens através de rede social, a secretaria informa  que os professores contratados temporários não serão mexidos. Apenas os Concursados irão assumir turmas de professores que estão para se aposentar, se afastar ou que estão em licença.

No entanto, em outras mensagens em rede social enviada à noite, a secretaria informa que estão enviando concursados para as escolas e que os contratados, saiam e procurem a Seduc para que, talvez e se possível, serem alocados em outras escolas. Ou seja,  se possível,  se não,  está fora. Simples assim.

Os professores alegam que foram contratados para trabalharem  apenas 100 horas,  e  que os professores dos CMEIs estão trabalhando  200 horas em todos os projetos. Eles ainda se queixaram do Ministério Público, que segundo eles, deixa passar tudo despercebido quando o assunto é a gestão Novo Tempo.

Quanto aos vereadores, os professores dizem que eles são apenas louvaminheiros ,e que só obedecem as ordens da gestão. Eles também se queixam dos sindicatos que, segundo eles,  só querem receber o dinheiro uma vez por ano. e não tem coragem tem de lutar pelos direitos dos professores.

“Queremos mais respeito para podermos trabalhar com dignidade, honre suas palavras Sr. Miguel, e deixe o Professor contratado trabalhar em paz. Melhore sua administração, estamos cansados de humilhações”, desabafou um dos professores.

Deixamos aos leitores, as mensagens vazadas nas redes sociais.Acompanhem:

“Prezados gestores, boa noite 🌹
Peço desculpas pq de fato essa semana não tenho tido como conversar e receber vcs. Amanhã estaremos iniciando um grande momento para toda rede municipal, o início da localização do maior concurso de professor das últimas décadas. É de conhecimento de todos que foi realizado um trabalho prévio de ordenamento e planejamento para que esse momento ocorresse com todas as garantias necessárias p os servidores que já são efetivos, assim, foi realizado pela Diretoria de Organização Escolar um processo inédito partindo do zero de lotação de todos os professores nas turmas, considerando assim as vagas reais existentes”.

 

 

 

“Após isso, iniciaremos uma nova etapa que brevemente será explicada. Ressalto que somente será localizado professor efetivo em vaga real, portanto, algumas vagas que estão ocupadas por professores temporários NÃO serão ocupadas por novos servidores, pois, caso sejam substitutos de professores efetivos que estão exercendo outra função (gestor, vice, coordenador,etc.) não são vagas reais.

Considerando isso iremos localizar os novos professores em vagas reais. (Espero ter esclarecido a dúvida que muitos enviaram, informo que é muito importante que o gestor entenda essa dinâmica, caso não tenha ficado alguma dúvida estou disponível no pv.). Enviaremos um informativo com as orientações necessárias amanhã logo cedo.Um grande abraço 🌹”

Prezados gestores, iniciamos hj o processo de localização, que inclusive terminou nestante rsrs. Faria um informativo por e-mail, devido o quantitativo vou fazer algumas orientações de recepção dos servidores, porém será oficializado TB.

Hoje os professores receberam a carta de apresentação, que marca o início do processo de localização, os professores estão orientados a comparecer a unidade escolar munidos da carta de apresentação, essa é uma carta de conhecimento da escola, sala de aula, horário de funcionamento é um momento inicial quem antecede ao encaminhamento e posse, após esse contato estando tudo em conformidade, o gestor (vice ou responsável a ser designado) assina a carta dando ciência e o professor então de conhecimento da realidade s apresenta a Sedu para ser encaminhado e iniciar imediatamente as atividades.

Obviamente que existe um grande fluxo na rede, uma vez que professores que atuam na Sede foram aprovados p Irrigado, após apresentação com encaminhamento o professor contratado deverá ser disponibilizado a Sedu para possível nova localização em vaga temporária”.

E agora? Com a palavra a Secretaria de educação.

Artigos relacionados

4 pensamentos “Petrolina: indignação dos Professores Contratados. Dispensa está batendo à porta”

  1. Todos esses comentários são de puxa sacos,o mesmo direito que o concursado tem,o contratado também tem !.
    O erro está nessa gestão de circo,essa é a pior de todas as gestões!.

Deixe uma resposta

Veja Também

Fechar
Fechar