NotíciasPolítica

Petrolina: o ineditismo que não é inédito

Essa ASCOM da prefeitura num dá uma dentro

Exterminar abelhas é considerado crime ambiental no Brasil e para diminuir essa prática, a Prefeitura de Petrolina, através de uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco, firmou parcerias com outros órgãos que atuam no município para a realização da remoção, captura e retirada de colmeias. A medida busca garantir preservação também do bioma caatinga, já que 80% das plantas da região dependem das abelhas para o processo de polinização.

A parceria que volta a funcionar, não é nunca foi  inédita na região, no entanto,  para dizer que está trabalhando, o CCZ de Petrolina, mais uma vez tenta mostrar como novo o que  já acontecia em outras gestões. Não é nada novo o trabalho que volta a vigorar neste mês, depois que o blog A lingua, denunciou o grave problema na Região.

Após ter sido retirada pela gestão Novo Tempo o que foi implantado na gestão do ex-prefeito Júlio Lóssio, o CCZ retomou devido a solicitação do MPPE  para o recolhimento de abelhas no município de Petrolina. Vale lembrar que a população ficou dois anos desassistida, estando a mercê das colmeias que migravam de seus espaços inerentes para a zona urbana.

Graças a Deus que existe o  MPPE para mostrar que o que estava dando certo não há necessidade de acabar. Por outro lado, parece que o CCZ e a Vigilância Sanitária só funcionam por pressão, pois já é de conhecimento de todos que os órgãos estão administrando, estãi perdidos. Acabaram com muitos benefícios para a população carente que foram implantados na gestão anterior, agora a falta de conhecimento e a burocracia tomaram de conta.

A ação contará com a atuação do Centro de Controle de Zoonoses; da Agência Municipal de Vigilância Sanitária; Agência Municipal de Meio Ambiente- AMMA; Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna); Corpo de Bombeiros, além do Ministério Público de Pernambuco.

A Associação dos Criadores de Abelhas do Município de Petrolina (Ascamp), ficará responsável pelo transporte dos insetos e poderá aproveitar o trabalho para produção de mel.

Nota piegas da prefeitura, e essa Ascom do prefeito não dá uma dentro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar