NotíciasPolítica

Petrolina triste: denúncia contra políticos petrolinenses ressoam em todo País

'Utilizando-se dos cargos executivos e legislativos, praticando uma série indeterminada de crimes como os relatados anteriormente, como peculato, desvio e mau uso de dinheiro público"

O movimento Pró CPRM formulou uma denuncia  contra  diversos políticos por crimes que teriam sido cometidos no âmbito da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais CPRM, em co-autoria com gestores e servidores do órgão federal, subordinado ao Ministério das Minas e Energia.

Dentre outros nomes denunciados , estão o líder do governo Bolsonaro, Fernando Bezerra Coelho, o do deputado federal e ex-ministro das Minas e Energia do governo Temer, Fernando  Filho, bem como os  nomes dos deputados federais Marinaldo Rosendo e João Fernando Coutinho.

Dentre as irregularidades narradas pelo movimento Pró CPRM,   estão a prática de suposta “formação de quadrilha” pelo Deputado Federal Fernando Coelho Filho e pelo Senador da República Fernando Bezerra Coelho, além de servidores e gestores do órgão em comento, já que estariam eles, associadamente, “utilizando-se dos cargos executivos e legislativos, praticando uma série indeterminada de crimes.

“Percebe-se, por conseguinte, que as condutas ilícitas, em tese, estariam diretamente relacionadas aos cargos ocupados pelos agentes políticos supramencionados, sendo certo que são necessárias diligências ulteriores com vistas à delimitação as condutas praticadas.”, e o que relata um trecho do despacho assinado pelo Procurador da República Nilo Rayol.

 

Artigos relacionados

2 pensamentos “Petrolina triste: denúncia contra políticos petrolinenses ressoam em todo País”

Deixe uma resposta

Fechar