Notícias

Petrolina: vereadores veteranos com “barbas de molho”. Tempos mudaram!

Alguns vereadores, por mais que tenham conseguido uma maior votação na última eleição em relação a eleição de 2016, não encontraram motivo para comemorar, já que o percentual eleitoral não agradou  e mostra a realidade da desconfiança do eleitor. E essa realidade vai se seguir para 2024.

Barbas de molho é uma expressão popular da língua portuguesa. A expressão completa é “deixar as barbas de molho” ou “colocar as barbas de molho” e significa que a pessoa em questão deve ter paciência, ficar alerta, prudente.

Se teve uma lição que ficou para os candidatos a vereador em Petrolina na última eleição, é que agora, ser vereador de mandato não basta: é preciso dar às caras ao povo e mostrar que trabalha. Os tempos mudaram e conseguir um mandato ficou mais complicado. Ou se tem dinheiro ou simpatia.

Todos sabem que uma campanha eleitoral não é barata para qualquer candidato. Óbvio, que cada candidato gasta o que pode. Quem tem dinheiro gasta aos montes para se manter  com o mandato, até porquê, candidato antipático só ganha eleição na base da grana, do arrumadinho, da compra de voto. Se assim não acontecer e o tal candidato não se coçar e derramar dinheiro, não se elege. Foi o que essa eleição de 2020 mostrou abertamente.

Os vereadores, principalmente os de mandatos mais antigos, estão com as barbas de molho. Eleições estão e, vão se tornar cada vez mais difíceis. Por esses e outros motivos, estamos vendo um movimento novo na cidade. Por exemplo: depois de quatro mandatos, agora em 2021, o vereador Zenildo do Alto do Cocar, resolveu implantar um gabinete dentro do bairro que reside, coisa que ele criticava o ex- vereador Jorjão que, ao se eleger, colocou um desses gabinetes no Bairro Pedro Raimundo. Também, os números de votos caiu e o percentual eleitoral de Zenildo não cresceu o esperado. Isso aconteceu com todos os vereadores veteranos que foram eleitos.

Alguns vereadores, por mais que tenham conseguido uma maior votação na última eleição em relação a eleição de 2016, não encontraram motivo para comemorar, já que o percentual eleitoral não agradou  e mostra a realidade da desconfiança do eleitor. E essa realidade vai se seguir para 2024.

Os vereadores que agora comemoram, precisam colocar os pés no chão, pedir sabedoria ao Criador e trabalhar de verdade, não apenas naquele faz de conta de quem vai ao gabinete apenas para marcar território. Quem não viu vários vereadores na última legislatura enchendo o gabinete com um monte de gente só pra dizer que atendia o povo? Porém, na hora de votar projetos importantes, muitas vezes, votou contra esse próprio povo?

Vou repetir: coloquem as barbas de molho senhores vereadores!

Veja a comparação de números de 2016 e 2020:

 

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar