Notícias

Polícia encontra digital em munição usada para matar Marielle e Anderson

Foto: Reprodução/Facebook
Resultado de imagem para letra o
 caso do assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes está mais perto de ser solucionado. As polícias Civil e Federal, que investigam a as mortes, conseguiram colher digitais parciais do assassino ou da pessoa responsável por municiar a pistola 9mm usada no crime. Elas foram encontradas em cápsulas achadas por peritos na esquina das ruas João Paulo I e Joaquim Palhares, no Estácio, onde aconteceu o ataque.
De acordo com os peritos as digitais estão “fragmentadas”, o que significa que. a princípio, não podem ser comparadas com as armazenadas no banco de dados das polícias do Rio e Federal. No entanto, ainda segundo agentes que atuam no caso, é possível confrontá-las com as de um eventual suspeito. “Elas são microscópicas, fragmentadas. Estamos fazendo todo o esforço possível”, afirmou um policial que participa da investigação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar