Notícias

Prefeito de Petrolina: um gigante com força de anão

 

Resultado de imagem para gigante sem força

Prometendo fazer um alinhamento entre os governos Federal, Estadual e Municipal, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, tinha e tem nas mãos a receita perfeita para fazer um excelente governo. Essa foi a leitura que todo jornalista, blogueiro ou Radialista fez ao ver o prefeito sendo empossado para comandar Petrolina  para o  quatriênio 2017-2020.

No entanto, o prefeito gigante, infelizmente em 2017, seu primeiro ano de governo, demonstrou ser  tacanho, tímido e ligeiramente vago. Um gigante com força de anão. Com um pai senador e homem forte no governo, com um irmão ministro e  uma série de autoridades politicas  que são amigos e admiradores do grupo de FBC, Miguel Coelho não conseguiu mostrar a força que o grupo diz ter. Pelo menos não em Petrolina.

A cidade esperava mais. Mais atitude, mais ações, mais tudo, já que o que foi propalado parecia ser de tamanho imensurável, algo crível. Mas, as expectativas foram  frustradas e Miguel Coelho fez um ano marcante na sua gestão, não no bom sentido, mas nas falhas constantes. Uma ação aqui, ali e acolá, foi somente o que o poderoso gigante conseguiu fazer. Nada de extraordinário ou que chamasse atenção. E pra piorar, as inaugurações feitas, já tinham sido começadas na gestão passada. Apenas o remanescente , a sobra da última gestão  foi o que salvou o ano do gigante que té agora só mostrou ter força de anão. Se assim não fora,  nem seus assessores de comunicação teriam o que falar ou escrever.

Mas 2018 já chegou. E certamente a força politica de Miguel Coelho, poderá enfim aparecer! Espera-se  que o alinhamento em 2018 funcione, e que recursos de verdade cheguem ao município. Com um pai senador e homem forte no governo, com um irmão ministro e  uma série de autoridades politicas  que se dobram para o grupo de FBC, Miguel Coelho (assim esperamos) conseguirá mostrar a força que o grupo diz ter. Pelo menos  em Petrolina.

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar